Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Economia

A expectativa inicial do Congresso é de três a quatro parcelas de R$ 250, pagas a partir de março (Foto: Reprodução)
A expectativa inicial do Congresso é de três a quatro parcelas de R$ 250, pagas a partir de março (Foto: Reprodução)

Ideia é que esse mesmo sistema seja também utilizado para outros programas de renda e emprego

Com o retorno do auxílio emergencial, o governo federal fará um "pente-fino" para verificar o número de pessoas que realmente necessitam da nova rodada do benefício. Utilizando um cruzamento de dados feito a partir de 11 bases, o Planalto espera que o número seja reduzido de 65 milhões para 33 milhões de brasileiros beneficiados.

Foram utilizadas bases de dados como as do Caged, do INSS, do MEI e do CNIS. Com o CPF das pessoas, é possível identificar se ela é servidor público, militar, aposentado, pensionista, empresário e quem são seus dependentes no Imposto de Renda. A ideia é que esse mesmo sistema seja também utilizado para outros programas de renda e emprego.

Dos 33 milhões de brasileiros que serão beneficiários da nova rodada do auxílio, 14 milhões já estão cadastrados no programa Bolsa Família. Ainda não foi definido o valor que será pago no novo auxílio, nem por quantos meses o benefício irá durar. A expectativa inicial do Congresso é de três a quatro parcelas de R$ 250, pagas a partir de março.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br