Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Economia

Nesse modelo, o trabalho que ganha menos paga menos do que o trabalhador que ganha mais dinheiro (Foto: Reprodução)
Nesse modelo, o trabalho que ganha menos paga menos do que o trabalhador que ganha mais dinheiro (Foto: Reprodução)

Novos valores deverão ser recolhidos apenas em fevereiro, pois são relativos aos salários de janeiro

As faixas de contribuição dos empregados com carteira assinada, doméstico e trabalhadores avulsos foram atualizadas pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) após o reajuste do teto dos benefícios pagos de R$ 6.101,06 para R$ 6.433,57, um aumento de 5,45% baseado no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

No regime geral, quem receber até um salário mínimo (R$ 1.100) seguirá pagando uma alíquota de 7,5%. Quem recebe entre R$ 1.100,01 e R$ 2.203,48, pagará uma taxa de 9%. De R$ 2.203,49 a R$ 3.305,22 a alíquota é de 12%, e de R$ 3.305,22 a R$ 6.433,57, o valor é de 14%.

Nesse modelo, o trabalho que ganha menos paga menos do que o trabalhador que ganha mais dinheiro. Esses novos valores deverão ser recolhidos apenas em fevereiro, pois são relativos aos salários de janeiro. Os recolhimentos anteriores ainda seguem a tabela anterior.

Aqueles que recebem acima de R$ 6.433,57 pagarão a contribuição no valor de R$ 751,99, um aumento de cerca de R$ 38 em relação ao ano passado. Isso acontece pois o valor recebido pelo INSS é limitado pelo teto da Previdência Social.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br