Galeria de fotos

Não perca!!

Trânsito

Foram 67 acidentes (Foto: Arquivo CORREIO)
Foram 67 acidentes (Foto: Arquivo CORREIO)

Ao todo, de sexta-feira (22) até segunda-feira (25), feriado de Natal, as estradas baianas registraram 67 acidentes com 13 mortes. Os números foram divulgados nesta terça-feira (26) pelas polícias rodoviárias Federal e Estadual.

Nas 20 rodovias federais localizadas na Bahia foram 53 acidentes - número 28,4% menor em comparação com 2016 -, 55 pessoas feridas e nove mortos - o acidente que deixou três mortos na BR-324 na manhã desta terça (26) não consta no balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) da Bahia na manhã de hoje, na sede do órgão. No mesmo período do ano passado, foram contabilizados 98 feridos e 10 mortos.

Segundo a PRF, a redução no número de acidentes e feridos na estradas federais deve-se à estratégia utilizada pela equipe do órgão neste ano.

"Estamos obtendo o resultado que a gente quer. Seria ótimo se conseguirmos atingir o número zero de mortos. Por isso não comemoramos, mas nos orgulhamos dos nossos esforços empregados. Percebemos a necessidade de empregarmos mais esforços ainda, tanto humanos como materiais para atingir esse número nas rodovias do estado", afirmou o superintendente do órgão na Bahia, Virgílio de Paula Tourinho.

Os trechos dos postos da PRF na BR-101 de Alagoinhas, Santo Antônio de Jesus, Eunápolis e Itabuna tiveram fiscalização reforçada - com base no número de ocorrências registradas nesses locais no Natal do ano passado.

De acordo com levantamento feito pela PRF, as duas principais rodovias onde acontecem acidentes são a BR-101 e BR-116. Na primeira, há três trechos graves: Cruz das Almas até Valença; Itabuna até Camacã; e o trecho entre Eunápolis e Teixeira de Freitas. Segundo o órgão, na BR-116 o policiamento e fiscalização é intensificado nesse período de festas em decorrência do grande fluxo de carros na rodovia.

Entre as ações de policiamento e fiscalização realizadas pelos policiais estão as blitz da alcoolemia, parceria com as concessionárias das vias para a manutenção de problemas no solo da estrada, como acostamento alto, buracos, ou falta de proteção nas pista. Serão cerca de 600 policiais direcionados apenas para a realização de atividades de fiscalização das vias, incluindo os agentes que normalmente exercem uma função administrativa. São 49 radares fixos de responsabilidade da PRF, sendo sete na BR-116 e os demais na BR-324. Ainda há outros distribuídos pelas demais rodovias, sob a responsabilidade da Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Rodovias estaduais
Ao todo, nas rodovias estaduais, foram contabilizados 14 acidentes de trânsito com nove vítimas com ferimentos leves, uma vítima com ferimento grave e quatro mortes nas estradas monitoradas pela Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), da Polícia Militar.

Em comparação com ano de 2016, houve uma redução de 44% no número total de acidentes. Já em relação às vítimas com ferimentos leves, houve um decréscimo de 36%, e diminuição de 83% de feridos graves. O número de vítimas fatais caiu de cinco para quatro pessoas - redução de 20%.

Distribuídas em pontos estratégicos nas rodovias, as guarnições da PM realizaram abordagens a 3.496 pessoas, 2.309 veículos, com o registro de 388 autos de infração de trânsito, sendo retidos 18 veículos, além do recolhimento de quatro carteiras Nacional de Habilitação (CNH) e 11 certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRVL).

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Enquete

Nesse 2º turno, qual seu candidato para presidente?
 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br