Galeria de Fotos

Não perca!!

Nacional

O fundador do Intercept promete não decepcionar os senadores com novas revelações sobre Moro, Deltan e a força-tarefa (Foto: Reprodução)
O fundador do Intercept promete não decepcionar os senadores com novas revelações sobre Moro, Deltan e a força-tarefa (Foto: Reprodução)

Na véspera de o ministro da Justiça Sérgio Moro embarcar para os Estados Unidos, o jornalista Glenn Greenwald, responsável pelo site The Intercept Brasil, irá à Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado para falar sobre os vazamentos de supostas conversas entre o ex-juiz Sérgio Moro e o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato.

O fundador do Intercept promete não decepcionar os senadores com novas revelações sobre Moro, Deltan e a força-tarefa. Segundo Glenn, o ex-juiz e procuradores da Lava Jato agiam fora da lei, cometendo crimes, com o intuito de perseguir adversários política e ideologicamente.

O convite ao jornalista partiu do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), sob alegação de que o conteúdo revelado “traz enorme preocupação no que diz respeito a uma possível interferência em processos, na contramão do princípio da imparcialidade, que deve balizar a conduta de membro do Ministério Público e do Poder Judiciário”.

De acordo com Randolfe, o jornalista vem sofrendo publicamente ataques de setores do governo, inclusive do ministro Sergio Moro, que vem questionando a veracidade dos diálogos.

“Logo, a presença do autor dessas impactantes reportagens a esta comissão é fundamental para o esclarecimento de um assunto que vem trazendo enorme repercussão no país. É a oportunidade para que ele traga as explicações que considera necessárias à sociedade brasileira”, alegou Randolfe em seu requerimento.

Desde 9 de junho, as reportagens assinadas por Glenn Greenwald no site Intercept e em outros meios de comunicação têm mostrado supostas trocas de mensagens pelo aplicativo Telegram entre Moro e procuradores, colocando em dúvida a necessária imparcialidade na condução dos processos judiciais, já que o então juiz aparece orientando os acusadores nos processos referentes à Lava Jato.

Glenn Greenwald já esteve na Câmara dos Deputados, onde defendeu a liberdade de imprensa e a transparência e reafirmou a autenticidade das conversas vazadas. O jornalista afirmou que o site está enfrentando pessoas poderosas do país, o que resultou em ameaças contra a sua vida e a de sua família.

A audiência da CCj nesta quinta-feira está marcada para 10 horas, no Plenário 3 do Senado. O Blog do Esmael vai transmitir a sessão ao vivo para o Brasil e o mundo.

Fábio Pannunzio alerta sobre ameaças contra Glenn Greenwald e equipe do Intercept

Fernando Brito: "A soberba" (de Moro)

Em diálogos, Moro revela conselho de Fausto Silva à Lava Jato

Veja aponta novos crimes de Moro contra Lula

Deputado do PSOL xinga Moro de “ladrão” e sessão na Câmara é encerrada

Âncora da Globo aponta crime de Moro na perseguição contra Greenwald

Vídeo - Pimenta cobra de Moro a entrega de seu celular para perícia

Moro será ouvido por três comissões na Câmara nesta terça, 02

"Menos gente, mais radicalismo", por Fernando Brito

Lava Jato desconfiou de empreiteiro pivô da prisão de Lula, diz jornal

Rui sobre Dallagnol: "Uma atitude tão perversa quanto a ditadura"

Glenn reforça autenticidade da Vaza Jato e responde ataques sobre edição do material

The Intercept divulga mensagens de procuradores criticando Moro

Veja publica primeira matéria da parceria com The Intercept e complica Sérgio Moro

A ‘Vaza Jato’ é um abalo na extrema-direita: só se derrota o autoritarismo desnudando suas entranhas

Greenwald diz na Câmara que áudios farão aliados de Moro se arrepender muito; jornalista diz que ex-juíz engana população com tática 'cínica'

STF decide manter Lula preso e adia análise de suspeita sobre Sergio Moro

Glenn Greenwald vai à Câmara falar do material que tem contra Moro e Dellangnol

Intercept vaza novos diálogos da Lava Jato; confira

Tijolaço, sobre o ex juiz no Senado: Moro produziu provas contra si mesmo

Wagner aperta e Moro admite deixar cargo caso todos os vazamentos sejam apresentados

Senadores de oposição desmontam estratégia de Moro, diz jornalista do Valor

Moro deturpa papel da imprensa e desafia jornalistas a 'entregarem material à polícia'

Intercept (novos trechos): Moro e MP “blindaram” FHC de acusação igual à de Lula

Entrevista - 'Temos um arquivo colossal' da Lava Jato, diz editor do Intercept

Intercept chama Moro de “mentiroso sociopata” e promete divulgar também áudios

Moro afirma que não reconhece autenticidade de mensagens de site

Novos trechos de conversas - Moro pediu para Lava Jato rebater defesa de Lula, diz Intercept

Vídeo - Em 1ª entrevista após caso Moro, Lula afirma à TVT que ex-juiz é mentiroso

Bolsonaro usará celular criptografado após vazamento de conversas de Moro

Lava Jato - Novo trecho de conversas envolve Moro, Dallagnol e ministro do STF

Como e por que o Intercept está publicando chats privados sobre a Lava Jato e Sergio Moro

“Ainda falta muita coisa para contar, e nós iremos”, informa editor do Intercept

“Podemos estar diante do maior escândalo da República”, diz Haddad sobre conluios revelados entre Moro e Dallagnol

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br