Galeria de fotos

Não perca!!

Nacional

O advogado de defesa Cristiano Zanin defende a soltura do ex-presidente Lula, durante a sessão da Segunda Turma do STF nesta terça-feira. NELSON JR./SCO/STF
O advogado de defesa Cristiano Zanin defende a soltura do ex-presidente Lula, durante a sessão da Segunda Turma do STF nesta terça-feira. NELSON JR./SCO/STF

Luiz Inácio Lula da Silva seguirá preso. Foi o que decidiu a maioria da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), que rejeitou uma proposta do ministro Gilmar Mendes de colocar o ex-presidente em liberdade até que se votasse a acusação de suspeição contra o ex-juiz da Lava Jato Sérgio Moro. A avaliação do mérito do pedido de habeas corpus de Lula que cita Moro foi adiada, mas não há nova data. Lula está preso há mais de 400 dias, condenado por corrupção no âmbito da Operação Lava Jato. O voto decisivo contra Lula foi de Celso de Mello, fechando o placar em 3 x 2 contra o petista na proposta de Mendes.

Antes, os ministros também haviam rejeitado, por 4 x 1, um outro pedido de habeas corpus de Lula, relativo à uma decisão de Felix Fischer, do STJ, questionada por sua defesa. Os resultados encerram dois dias de tensão e idas e vindas a respeito do caso de Lula no Supremo. Foi a primeira vez que os cinco ministros que formam a Segunda Turma (Carmen Lúcia, Celso de Mello, Edson Fachin, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski) analisaram os pedidos de liberdade de Lula em meio à crise provocada pela publicação, pelo The Intercept Brasil, de mensagens trocadas entre o Moro e os acusadores do petista.

A equipe legal do ex-presidente havia pedido que os diálogos fossem incluídos para reforçar seus argumentos de que Moro havia sido parcial e que, por isso, seu julgamento deveria ser anulado.

Veja também:

Glenn Greenwald vai à Câmara falar do material que tem contra Moro e Dellangnol

Intercept vaza novos diálogos da Lava Jato; confira

Tijolaço, sobre o ex juiz no Senado: Moro produziu provas contra si mesmo

Wagner aperta e Moro admite deixar cargo caso todos os vazamentos sejam apresentados

Senadores de oposição desmontam estratégia de Moro, diz jornalista do Valor

Moro deturpa papel da imprensa e desafia jornalistas a 'entregarem material à polícia'

Intercept (novos trechos): Moro e MP “blindaram” FHC de acusação igual à de Lula

Entrevista - 'Temos um arquivo colossal' da Lava Jato, diz editor do Intercept

Intercept chama Moro de “mentiroso sociopata” e promete divulgar também áudios

Moro afirma que não reconhece autenticidade de mensagens de site

Novos trechos de conversas - Moro pediu para Lava Jato rebater defesa de Lula, diz Intercept

Vídeo - Em 1ª entrevista após caso Moro, Lula afirma à TVT que ex-juiz é mentiroso

Bolsonaro usará celular criptografado após vazamento de conversas de Moro

Lava Jato - Novo trecho de conversas envolve Moro, Dallagnol e ministro do STF

Como e por que o Intercept está publicando chats privados sobre a Lava Jato e Sergio Moro

“Ainda falta muita coisa para contar, e nós iremos”, informa editor do Intercept

“Podemos estar diante do maior escândalo da República”, diz Haddad sobre conluios revelados entre Moro e Dallagnol

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br