Galeria de Fotos

Não perca!!

Nacional

Ministra alega ameaças de morte, rotina estressante e problemas de saúde (Foto: Marcelo Camargo | Agência Brasil)
Ministra alega ameaças de morte, rotina estressante e problemas de saúde (Foto: Marcelo Camargo | Agência Brasil)

O pedido foi feito em reunião com o presidente Jair Bolsonaro

A ministra Damares Alves, responsável pela pasta de Mulher, Família e Direitos Humanos, pediu para deixar o governo.

De acordo com a Veja, o pedido foi feito em reunião com o presidente Jair Bolsonaro. Depois de fazer um balanço das atividades do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares comunicou que vai deixar o cargo. Alega que está cansada e precisa cuidar da saúde, que anda debilitada.

Desde que assumiu o comando da pasta, há quatro meses, a ministra enfrenta uma rotina estressante — mas com um ingrediente incomum: Damares recebe ameaças de morte. Com isso, ela abandonou sua residência, em Brasília, e passou a morar num hotel, cujo endereço é mantido em segredo.

Por recomendação do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI), Damares também não costuma antecipar a agenda, circula pela cidade escoltada e um segurança fica postado na entrada de sua sala durante todo o expediente.

Veja também:

MPF-BA investiga corte de verbas das universidades públicas federais

Cortes nas universidades ofendem a democracia

UFBA, UnB e UFF: MEC anuncia corte de verbas de universidades por 'balbúrdia'

Bolsonaro perde 'voto de confiança' dos mais pobres, aponta Ibope

Governo recua e diz que publicidade de estatais não terá que ser aprovada previamente

“Cadê Queiroz?”, questiona Lula em entrevista a jornais

Campanha do BB marcada pela diversidade é vetada por Bolsonaro e diretor cai; veja vídeo

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br