Galeria de fotos

Não perca!!

Política

Prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo (DEM)
Prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo (DEM)

O silencio do prefeito Elinaldo Araújo (DEM) diante da notícia da denúncia e do pedido de prisão preventiva contra sua secretaria de Desenvolvimento Urbano, Juliana Paes, sob acusação de comandar "uma quadrilha" montada na secretaria para cobrança de propina, conforme o Ministério Público Estadual, tem surpreendido o MP.

Conforme disse nesta segunda-feira, 19, ao Camaçari Fatos e Fotos (CFF), o titular da 7ª Promotoria de Justiça de Camaçari, Everardo Yunes, diante da gravidade das acusações que envolve a secretaria Juliana, o silencio do prefeito no mínimo "me causa estranheza". Ao CFF o promotor disse ainda que é de conhecimento público que Juliana Paes é indicada do prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) e do deputado federal Paulo Azi (DEM), mas que o prefeito Elinaldo é o principal responsável político, além de ser o prefeito, pela secretaria e por isso já deveria ter se pronunciado.

Há mais de uma semana da notícia não só da denúncia envolvendo quase a totalidade dos vereadores, inclusive com pedido de prisão do presidente e vice presidente da Câmara, Oziel Araújo e Zé do Pão, respectivamente, e da representação contra um membro do primeiro escalão do seu governo, também com pedido de prisão encaminhada à justiça, de fato é no mínimo estranho que até esse momento não se ouça 'sequer a respiração' do mandatário do município sobre o assunto.

Veja também:

MP acusa Zé do Pão de “ameaçar testemunha” e pede a prisão do vereador

Em vídeo, vereador Oziel (PSDB) enfim se manifesta sobre pedido de prisão do Ministério Público

MP pede prisão preventiva do presidente da Câmara de Camaçari

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br