Galeria de fotos

Não perca!!

Política

Vereador Bispo Jair (PRB)
Vereador Bispo Jair (PRB)

“Se todos cultivassem a honestidade o planeta seria aquilo que Deus planejou, o Paraíso, mas, infelizmente, há pessoas que adoram viver no inferno”; esta frase, de autoria desconhecida, bem se aplicaria aqui, nesse caso, para o caso de haverem condenados incontestavelmente, e somente aos que não mais couber contestação. Que fique registrado!

Nos últimos dias Camaçari se viu tomada de assalto pela notícia de que o presidente da Câmara de Vereadores, Oziel Araújo (PSDB) teve pedido de prisão preventiva protocolado contra ele pelo Ministério Público Estadual, e com ele outros 16, número que logo passaria para 20 vereadores os que foram denunciados à justiça sob acusação de participarem dum esquema, conforme o MP montado para desvio de dinheiro público.

Não o bastante, na sequencia o vice presidente, vereador Zé do Pão (PTB), ele também denunciado, teve o seu pedido de prisão expedido pelo MP, na sua vez, conforme o promotor titular da 7ª Promotoria de Justiça, Everardo Yunes, por constar, com provas colhidas, que o vereador estaria ameaçando testemunhas do processo. Vereador que viria a sofrer ainda uma acusação, em vídeo que circula pela rede, de ter usado a conta dum seu ex assessor para recebimento de uma verba da ordem de R$ 28 mil, supostamente ilegal.

Através da direção da Câmara todos negam as acusações, alguns poucos o tendo feito de forma individual, tendo o presidente Oziel questionado, em vídeo publicado nas redes sociais, o MP pelas acusações. O que, pelo que consta, não tem sido suficiente para acalmar a comunidade ainda assombrada com tais eventos e ainda na expectativa do desenrolar dos mesmos, esperançosa de que enfim não haja procedência a denúncia contra o seu representante.

Mas o que não passou ao largo do Camaçari Fatos e Fotos (CFF), foi o fato de que, também nesse episódio, não somente o consumidor mas em termos também o fornecedor continua dando preferência à notícia ruim frente ao fato positivo. Veículo houve que, como o presidente Oziel é evangélico, não se rogou de sacar da frase “homem de Deus” para com ironia se dirigir ao ‘vereador crente’. E passados quase três dias da inclusão de mais três vereadores na denúncia do MP, supostamente também ‘desonestos’, uma linha sequer se viu sobre que nem todos o seriam; que ‘sobrou um’.

E enquanto o processo não se desdobra, onde não se pode deixar de questionar, já que o entremeio usado por todos os demais parlamentares, para o procedimento acusado pelo MP como ilegal foi uma atividade institucional e em assim sendo por que ele também não fez parte, esse um é o vereador bispo Jair Costa (PRP), também evangélico, ou cristão, também pregador da Palavra de Deus, e até então digno de ser noticiado nas mesmas páginas que noticiam seus colegas denunciados, na sua vez porem com fatos reversos aos de que são acusados, já que também é vereador. Somente a título de justiça.

Conforme o site oficial da Casa de leis, "Jair Costa nasceu no Rio de Janeiro em 14 de maio de 1947. Trabalhou como Eletricista/Montador e atua como Pastor Evangélico há 30 anos. Em 2000, estreou como candidato em Camaçari, quando obteve 1414 votos. Foi uma votação expressiva que lhe rendeu a primeira suplência da sua coligação. Tempos depois assumiu o mandato em substituição ao titular, que se afastou do cargo para assumir um posto no Executivo.

Disputou as eleições novamente em 2004, ficando – com 1468 votos – outra vez na 1ª suplência. Em 2008, foi eleito vereador pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB) com 2.441 votos. Foi membro da Comissão de Políticas Públicas para os Direitos Humanos, Defesa do Consumidor e Segurança Pública na legislatura passada. Em 2012 foi reeleito com 2.551 votos. Já ocupou o cargo de primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara. Em 2016, foi eleito novamente para o parlamento, com 2.366 votos".

Veja também:

Agora são 20 os vereadores camaçarienses denunciados pelo Ministério Publico

MP acusa Zé do Pão de “ameaçar testemunha” e pede a prisão do vereador

Em vídeo, vereador Oziel (PSDB) enfim se manifesta sobre pedido de prisão do Ministério Público

MP pede prisão preventiva do presidente da Câmara de Camaçari

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br