Galeria de fotos

Não perca!!

Rogaciano Medeiros

Lúcio Funaro
Lúcio Funaro

DESMORALIZANTE

A delação de Lúcio Funaro, considerado operador do PMDB, que servia acima de tudo ao presidente Temer, reafirma o envolvimento de instituições que deveriam zelar pela democracia, como o STF e a PGR, no golpe jurídico-parlamentar-midiático do ano passado. O rompimento do contrato reforçou vícios, feriu a República, apodreceu o Estado.

RUMOS

A menos que ocorra alguma manobra para adiamento, o Congresso Nacional tem pela frente, esta semana, duas decisões importantes para os rumos da democracia no Brasil. Hoje, o Senado vota a cassação do mandato do senador Aécio Neves (PSDB-MG), enquanto a Câmara Federal define, até sexta-feira, o futuro do presidente Temer perante a segunda denúncia da PGR, que o tacha de chefe de quadrilha. São grandes as chances de os dois se salvarem. Lamentavelmente.

DEFENESTRAÇÃO

Independentemente do resultado, o simples fato de o Senado votar a decisão do STF já representa o fim político do senador Aécio Neves (PSDB-MG), na avaliação do jornalista Luís Costa Pinto. "Mesmo sobrevivendo à votação, converter-se-á num pária do Parlamento. Dele não se pode dizer, nem sequer, que o rei está nu, pois nunca atingiu a Regência".

DESMORONAMENTO

As batidas da Polícia Federal no gabinete e na residência do deputado Lúcio Vieira Lima, dentro das investigações que levaram o irmão Geddel à prisão, não atingem apenas a família que, há anos, controla com mão de ferro o PMDB na Bahia. Tem efeito cascata. Afeta todo o partido, às vésperas das eleições gerais. Sem falar no DEM e, principalmente, nas pretensões do prefeito ACM Neto de disputar o governo do Estado com Rui Costa , candidato à reeleição. Golpe duro na obtusa direita baiana.

DESISTÊNCIA

Dizem, nos meios políticos, que ACM Neto (DEM) começa a articular o anúncio de desistência da disputa ao governo do Estado na eleição do próximo ano. O desmantelo da família Vieira Lima complica muito a situação eleitoral do prefeito de Salvador. Com o PMDB baiano despedaçado, as chances são praticamente zero. Política se faz com grupo. O PSD do senador Otto Alencar e o PP do vice-governador João Leão estão fechados com a reeleição do governador Rui Costa.

_____________________________________________

A coluna Pauta Livre, de autoria do jornalista Rogaciano Medeiros, é um espaço onde ele escreve suas análises sobre a situação política nacional, dentro de uma ótica questionadora através de um ponto de vista diferente dos tradicionais veículos de comunicação. Justamente para questionar a grande imprensa, que manipula a informação e coloca a versão que lhe é conveniente como se fosse a verdade absoluta.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br