Galeria de fotos

Não perca!!

Religião

 Igreja Universal do Reino de Deus em Salvador
Igreja Universal do Reino de Deus em Salvador

Protagonista de não poucos escândalos do meio 'evangélico', envolvendo questionamentos da conduta, desde sua fundação, na década de 70, para com seus membros, do fiel comum à seus pastores e obreiros, a Igreja Universal do Reino de Deus, ou IURD enfrenta agora uma acusação que, se de fato procede, deve trazer ao fim a saga Edir Macedo, fundador da igreja.

Não se sabe por que razão a imprensa convencional ainda não se pronunciou, mas desde a última sexta-feira, a TVI, líder de audiência em Portugal, depois duma investigação que durou sete meses, vem trazendo, via Youtube uma series de reportagens denominada "O Segredo dos deuses", onde acusa a igreja de comandar uma quadrilha de trafico internacional de crianças, isso com depoimento de mães que desde vinte anos atrás estariam tendo seus filhos tirados de suas famílias sem autorização alguma; reportagem que também exibe uma família, ex-bispo da igreja, sua esposa e agora um rapaz, antes uma das crianças adotadas através do esquema, revelando como tudo teria sido feito.

Na reportagem a TVI diz duma "casa de crianças" Lar Universal, que teria sido aberta ilegalmente em 1994 e legalizada somente em 2001, fundada e mantida pela igreja no país português, onde o crime de que a IURD é acusada teria dado os primeiros passos, de onde, ainda segundo a reportagem, depois de darem entrada as crianças desapareciam e eram levadas para diversos países onde à revelia de suas famílias eram "adotadas" por bispos e pastores da igreja.

São 04 vídeos, duma série de 10, onde a TVI mostra, desde ordens dadas pela igreja, hora por algum bispo hora pelo próprio Edir Macedo, a seus bispos, pastores, obreiros, e respectivas esposas, para se castrassem, eles fazendo indistintamente a vasectomia, à depoimento das mães das crianças acusando a IURD de terem "falsificado" documentos que supostamente a habilitaria a proceder as adoções. Em um dos vídeos, no entanto, Edir Macedo é seletivo quando se trata da sua família, onde aparece dizendo às filhas que "é melhor vocês não terem filhos". Sendo que as moças viriam a casar com dois pastores já vasectomizados, vindo os dois casais a se beneficiarem das adoções acusadas de criminosa.

Filha do bispo Edir Macedo, conforme levantado pelo Camaçari Fatos e Fotos (CFF), Viviane Freitas, em uma entrevista em uma das páginas da igreja, em 2014, juntamente com o marido de fato fala sobre ter "perdido a guarda" dos filhos que haviam "adotado", por "problemas com a documentação", numa declaração clara de que tais crianças teriam mesmo sido trazidas ilegalmente de Portugal para o Brasil, tendo uma das crianças, agora um rapaz, segundo afirma, feito contato, com seu passaporte em mãos, "pedindo para voltar".

Em depoimento de uma mulher à TVI, supostamente a mãe das três crianças adotadas pela família Macedo, a mulher alega que lhe era negado o livro onde os pais das crianças atestavam a freqüência das visitas à tal "casa de crianças", numa clara alusão de que a idéia era levar à suposta ausência dos registros de visita por seis meses, com o propósito de mostrar às autoridades o suposto "desinteresse da mãe pelos filhos" e assim facilitar o processo de adoção. Duas mães colocam à repórter categoricamente que tiveram seus filhos roubados por fraudes na documentação da entidade acolhedora de crianças, mantida pela Igreja Universal.

E, de fato, se a intenção era negar à essa mãe o livro de registro de visitas com o propósito de facilitar a adoção fraudando um documento que "justificasse" o suposto desinteresse da mãe pelos filhos, o sucesso foi total, conforme reação duma Juíza do "Tribunal de Família de Casais", que a TVI identifica como Florbela Sebastião e Silva, que, dando de ombros, diz que se não há registro...".

Em sua defesa até o momento a IURD tem se limitado ao depoimento, que não parece voluntário, mas uma leitura, de dois netos adotivos de Edir Macedo, onde os jovens, um rapaz e uma moça, alegam que a TVI não teria ouvido as entidades fiscalizadoras, que chamam de sérias, de Portugal. No entanto, além da juíza, a reportagem exibe a declaração de dois representantes de duas das três entidades citadas pelos jovens, do Instituto de Seguridade Social, Sandra Alves, e do Ministério Público português, Gonçalo Melo Breyner, esse ultimo que fala claramente a palavra ''fraude'' quando é entrevistado pela repórter sobre o tramite de adoção de três das crianças, essas pela própria família.

Mas afora a gravidade do teor das acusações, o que chama atenção é a subserviência com que obreiros pastores e até bispos, homens que supostamente conhecem as Escrituras e são orientadores do povo que procuram a igreja, se comportam diante das ordens excêntricas do Bispo Macedo.

O Ministério Público Português já abriu sindicância para investigar as denuncias.

Vídeo 01

Vídeo 02

Vídeo 03

Vídeo 04

Clique aqui e siga-nos no Facebook

Bispo Edir Macedo
Bispo Edir Macedo

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br