Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Política

Prefeito deve responder por desacato, desobediência e resistência (Foto: Ney Silva | Acorda Cidade)
Prefeito deve responder por desacato, desobediência e resistência (Foto: Ney Silva | Acorda Cidade)

O prefeito de São Gonçalo dos Campos, Tarcísio Pedreira, preso por desacato e desobediência após uma confusão com a Polícia Militar durante a realização de uma evento junino na cidade baiana, foi liberado na noite da quinta-feira, 24, após prestar depoimento e pagar fiança.

Além dele, o motorista de um minitrio, que percorreu os bairros da município, distante cerca de 110 km de Salvador, também foi liberado. O motorista foi preso por não estar em posse de sua carteira de habilitação no momento da abordagem policial.

O prefeito utilizou suas redes para criticar o governador Rui Costa (PT), afirmando que o petista deu "ordens ilegais à policia militar" e é um "líder que se esconde atrás dos seus comandados. O governador não comentou o caso.

A delegada da cidade afirmou ao G1, que Tarcísio Pedreira deve responder por desacato, desobediência e resistência. Ele foi detido na quinta durante uma confusão no evento "Forró Itinerante", que contou com um minitrio foi promovido pela prefeitura de São Gonçalo dos Campos.

A festa foi interrompida pela Polícia Militar, o que gerou uma confusão. O prefeito teria utilizado carros para fechar a rua e impedir a ação dos policiais.

Por meio de nota, a prefeitura de São Gonçalo dos Campos informou que o evento tem como objetivo animar os moradores em casa e que, durante a apresentação musical, não é permitida aglomerações de pessoas.

De acordo com Tarcísio Pedreira, o evento é um direito do artista de São Gonçalo de levar sua música. "No próprio convite deixamos claros que o evento seria apenas os músicos em um carro de som, acompanhados da Guarda Municipal e foi divulgado amplamente que seria interrompido em qualquer sinal de aglomeração".

Em comunicado à prefeitura, a Polícia Militar argumentou que o evento não podia ser realizado por recomendação do Ministério Público.

Evento contou com um minitrio (Foto:Ed Santos | Acorda Cidade)
Evento contou com um minitrio (Foto:Ed Santos | Acorda Cidade)

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br