Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Política

General da reserva Eduardo Villas Bôas (Foto: Reprodução)
General da reserva Eduardo Villas Bôas (Foto: Reprodução)

Figura mais influente do setor militar, Villas Bôas rasgou elogios ao ex-ministro

Figura mais popular e influente no setor militar, o general da reserva Eduardo Villas Bôas disse que se "identificou" com o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro. Em declaração ao jornal O Estado de S. Paulo, Villas Bôas rasgou elogios a Moro e evitou comentar sobre a situação política do governo. "Está muito cedo para avaliar as consequências", ressaltou. "Por enquanto, eu só tenho a lamentar do ponto de vista pessoal."

O ex-comandante do Exército lembrou que, na assessoria no Palácio do Planalto no início do governo, pode conhecer o ex-juiz da Lava Jato. "Trata-se de uma pessoa que fez história, com base nos princípios éticos, com quem eu me identificava e tinha a honra de desfrutar da amizade", afirmou Villas Bôas.

Como a quase totalidade da cúpula das Forças Armadas, Villas Bôas nunca escondeu a admiração pelo ex-juiz da Lava Jato. As declarações do general, por sua vez, sempre tiveram forte impacto na área militar. As palavras comedidas costumam indicar rumos no setor. É tanto que, no final de março, o presidente Jair Bolsonaro foi à casa do general, no Setor Militar Urbano, em Brasília, para pedir indiretamente apoio público.

Veja também:

'Bolsonaro queria interferir na PF e ter acesso às investigações', diz Moro

The Intercept: Ei, general... desobedece quem tem juízo

Deputada diz que Bolsonaro quer afastar diretor da PF por investigação a Flávio

Moro pede demissão, mas Bolsonaro tenta reverter, diz jornal

'Não sou coveiro, tá?', diz Bolsonaro ao responder sobre mortos por coronavírus

Presença de Bolsonaro em aglomeração causa primeira 'saia-justa' no novo ministro da Saúde

Bolsonaro demite presidente do CNPq, órgão de fomento à pesquisa

Mandetta deixa Ministério da Saúde sob aplausos

Em meio à crise do coronavírus, Mandetta anuncia em rede social que foi demitido por Bolsonaro

Mandetta não aceita demissão de secretário: 'Vamos trabalhar juntos até sairmos juntos'

Troca no Ministério da Saúde 'deve ser hoje, mais tardar amanhã', diz Mandetta

Considerado braço direito de Mandetta, secretário pede demissão

Mandetta já avisou à equipe que vai ser exonerado, diz jornal

Bolsonaro começa avaliar nomes para substituir ministro da Saúde

Bolsonaro quer forçar Mandetta a pedir demissão após ministro perder apoio entre militares

Brasileiro não sabe se escuta ministro ou presidente, diz Mandetta

Mandetta diz que permanecerá em ministério e volta a defender isolamento: “Vamos continuar”

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br