Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Política

Ex-presidente Lula (Foto: Reprodução)
Ex-presidente Lula (Foto: Reprodução)

Ex-presidente se uniu ao coro de repúdio à participação de Bolsonaro em ato que pede por uma intervenção militar e fechamento do Congresso

O ex-presidente Lula, assim como fizeram ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), políticos e outras personalidades, repudiou neste domingo (19) o fato de Jair Bolsonaro ter participado e apoiado um dos atos que aconteceram mais cedo que pediam, entre outras coisas, por uma intervenção militar e pelo fechamento do Congresso Nacional.

Os atos encampados por bolsonaristas pregavam ainda o fim do isolamento social, medida adotada por governadores e tida como a mais efetiva para o combate ao coronavírus.

“A mesma Constituição que permite que um presidente seja eleito democraticamente têm mecanismos para impedir que ele conduza o país ao esfacelamento da democracia e a um genocídio da população”, escreveu Lula.

Repúdio


O ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, criticou os atos realizados em prol de uma intervenção militar no Brasil neste domingo (19). O presidente Jair Bolsonaro participou do ato e insuflou apoiadores.

“É assustador ver manifestações pela volta do regime militar, após 30 anos de democracia. Defender a Constituição e as instituições democráticas faz parte do meu papel e do meu dever”, escreveu o ministro. Ele cita o ativista Martin Luther King: “Pior do que o grito dos maus é o silêncio dos bons”.

OAB

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, criticou diretamente Bolsonaro e pregou uma união dos democratas em prol da liberdade. “O presidente da república atravessou o Rubicão. A sorte da democracia brasileira está lançada, hora dos democratas se unirem, superando dificuldades e divergências, em nome do bem maior chamado LIBERDADE!”, disse.

Oposição


Lideranças do campo progressista se manifestaram contra a postura de Bolsonaro. O ex-ministro Fernando Haddad e o líder do MTST, Guilherme Boulos, defenderam a queda do presidente. “O dia do fora já chegou!”, publicou o candidato do PT à presidência nas eleições de 2018.

Veja também:

Bolsonaro defende fim de medidas de isolamento nesta semana

4 pontos sobre o discurso de Bolsonaro em ato a favor de 'intervenção militar'

Presença de Bolsonaro em aglomeração causa primeira 'saia-justa' no novo ministro da Saúde

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br