Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Política

Secretário de Cultura, Roberto Alvim (Foto: Ronaldo Caldas | Ministério da Cidadania)
Secretário de Cultura, Roberto Alvim (Foto: Ronaldo Caldas | Ministério da Cidadania)

O presidente Jair Bolsonaro avisou o presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), de que vai exonerar o secretário nacional da Cultura, Roberto Alvim. A informação foi passada ao blog por um assessor do presidente Jair Bolsonaro.

O secretário divulgou um vídeo na quinta-feira (16) no qual usou frases semelhantes às usadas por Joseph Goebbels, ministro da Propaganda de Adolf Hitler durante o governo nazista (veja as frases ao final da reportagem). Goebbels era antissemita radical e foi um dos idealizadores do nazismo.

Assim como Goebbels havia afirmado em meados do século XX que a "arte alemã da próxima década será heroica” e “imperativa”, Alvim afirmou que a “arte brasileira da próxima década será heroica” e “imperativa”.

Alcolumbre, que está em viagem oficial pelo interior do Amapá, ligou para o presidente Bolsonaro nesta manhã para reclamar das declarações do secretário. O senador disse que a fala foi inaceitável e sugeriu a demissão imediata de Alvim.

Segundo o interlocutor de Bolsonaro que conversou com o blog, o presidente da República reconheceu para Alcolumbre que o discurso do secretário foi infeliz e avisou que iria demiti-lo.

Discurso para anunciar premiação de arte

O discurso do secretário, divulgado em uma rede social na quinta (16), foi feito para anunciar um concurso de projetos de arte. O vídeo de Alvim ganhou grande repercussão nas redes sociais e tanto o nome do secretário quanto o de Goebbels foram parar entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil.

A fala dele também gerou forte repercussão nos meios artístico e político. Além de Alcolumbre, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pediu a demissão imediata do secretário.

Nesta manhã, Alvim afirmou em post no Facebook que a semelhança entre as frases foi "apenas uma frase do meu discurso na qual havia uma coincidência retórica".

Compare discursos de Alvim e Goebbels:


Roberto Alvim

“A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional, será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional, e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes do nosso povo – ou então não será nada.”

Joseph Goebbels

“A arte alemã da próxima década será heroica, será ferreamente romântica, será objetiva e livre de sentimentalismo, será nacional com grande páthos e igualmente imperativa e vinculante, ou então não será nada."

SERVIÇO:

Esgoto entupido? Chame a Metropolitana Desentupidora

Veja também:

Organização de judeus pede afastamento e punição de Roberto Alvim

Pelo Twitter, Maia pede demissão do secretário especial de Cultura, Roberto Alvim

Vídeo - Secretário de Cultura do governo Bolsonaro cita fala de ideólogo nazista

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br