Galeria de Fotos

Não perca!!

Política

Presidente Jair Bolsonaro (PSL) e ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (Foto: Reprodução)
Presidente Jair Bolsonaro (PSL) e ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (Foto: Reprodução)

Presidente diz que intenção é atingi-lo. Marcelo Álvaro Antônio, que chefia o Turismo, é acusado em casos de candidaturas laranjas do PSL

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que há exagero na investigação de supostas candidaturas laranjas pelo PSL que serviu como base para denúncias do Ministério Público de Minas Gerais contra o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, na última semana. Para Bolsonaro, a intenção é atingi-lo.

“Não sei se é culpado, se é inocente. Pelo que eu sei, até o momento, há exagero no inquérito. Mas vamos aguardar o desenrolar do processo. É um exagero. Mas a intenção não é Marcelo, em primeiro lugar sou eu, Jair Bolsonaro. Querer me rotular como corrupto ou dono aí de laranjal”, disse, em transmissão ao vivo pelo Facebook na noite desta quinta-feira (10/10/2019).

Veja também:

PF indicia ministro do Turismo por esquema de candidaturas laranjas

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br