Galeria de Fotos

Não perca!!

Política

Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Antonio Cruz | Agência Brasil)
Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Antonio Cruz | Agência Brasil)

Chefe do Executivo nacional também disse que índios vendem terras protegidas para estrangeiros explorarem, mas não apresentou evidências a respeito

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (30) que quer rever a demarcação de terras indígenas por suspeita de irregularidades. Em entrevista à imprensa, o chefe do Executivo nacional também disse que índios vendem terras protegidas para estrangeiros explorarem, mas não apresentou evidências a respeito. "É muita terra para pouco índio, e sem lobby. Qual é o interesse por trás disso?", questionou.

Ao ser questionado sobre uma possível rejeição dos quase 500 pedidos que existem para novas demarcações, Bolsonaro disse que o procedimento deverá ser suspenso. "A minha decisão é não demarcar mais terra para índios. Aquelas que foram demarcadas de forma irregular, caso tenhamos algo concreto nesse sentido, é buscar a revisão das terras", afirmou.

Veja também:

Bolsonaro chama doação do G7 de ‘esmola’ e diz que trocará de caneta pois ‘Bic é francesa’

Após polêmica com Macron, Bolsonaro apaga comentário sobre primeira-dama da França

Após interferência de Bolsonaro, CCJ da Câmara desengaveta proposta da autonomia da PF

Bolsonaro diz que só aceita ajuda do G7 se Macron retirar declarações

Brasil vai rejeitar ajuda para a Amazônia oferecida pelo G7

G7 anuncia liberação de cerca de R$ 91 mi para combater incêndios na Amazônia

Macron critica insultos de Bolsonaro e diz esperar que Brasil tenha 'presidente

'Comunicação falha do governo' abre caminho para ataques de concorrentes à agricultura brasileira, diz presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil

Juiz dá 72 horas para Bolsonaro explicar medidas para controlar queimadas

Globo aponta que Bolsonaro decidiu inviabilizar permanência de Moro no governo

Mudança de tom de Bolsonaro sobre Moro causa 'perplexidade' em aliados do ministro

O fosso entre Moro e Bolsonaro, por Helio Gurovitz

Glenn - é chocante a humilhação que Moro está disposto a engolir de Bolsonaro

Delegados da PF chamam nova lei de abuso de "estatuto da criminalidade"

Polícia Federal ameaça “implodir” se houver interferência de Bolsonaro

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br