Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Política

Gilmar Mendes defende a saída dos cargos que ocupam, Sérgio Moro e Deltan Dellangnol
Gilmar Mendes defende a saída dos cargos que ocupam, Sérgio Moro e Deltan Dellangnol

“Consórcio de promotores e juízes constituiu uma verdadeira organização criminosa”, declarou o ministro do STF.

Em entrevista nesta quinta-feira (8) ao programa “Timeline”, da Rádio Gaúcha, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, foi contundente ao analisar a conduta dos integrantes da Operação Lava Jato, especialmente após os vazamentos publicados pela imprensa.

“Nós estamos falando da maior crise que se abateu sobre o judiciário brasileiro, desde a redemocratização. O consórcio de promotores e juízes constituiu uma verdadeira organização criminosa”, declarou o ministro.

Questionado sobre se Deltan Dallagnol e Sérgio Moro, principalmente, deveriam ser desligados de suas funções, o ministro declarou: “Afastados ou não, eles já não têm mais condições de exercer suas funções, porque se forem tomar qualquer ação, já estarão com a onda de suspeita. O triste é que se organiza uma força-tarefa para combater o crime e ela começa a praticar o crime”.

Gilmar lembrou que tinha advertido sobre isso há muito tempo. “Quando saiu essa história da fundação do Dallagnol, eu ponderei que nós estávamos diante de uma gente argentária, buscando dinheiro. O negócio de combate à corrupção era extremamente lucrativo. É o que se viu, coletando palestras, pegando dinheiro público. O dinheiro que foi devolvido da Petrobras, é o dinheiro da Petrobras e da União. Ninguém pode se apropriar disso. Mas o projeto era se apropriar desse dinheiro”, afirmou.

O magistrado definiu a situação como extremamente grave. “Eu não me surpreenderia se amanhã eles inventassem uma conta minha no exterior. Quem é capaz de fazer o que eles estavam fazendo naqueles diálogos, é capaz de falsear uma conta, de me atribuir um cartão de crédito”, acrescentou.

Manipulação

Em relação ao comportamento de procuradores diante das delações, Gilmar disse: “Sabe-se lá o que se fez nessas delações. Isso é só o que gente sabe, nós não sabemos de tudo. Eu fico a imaginar quantas pessoas foram delatadas a partir de induções desses agentes. Como podem ter manipulado as delações premiadas. É extremamente preocupante”.

Para finalizar, Gilmar se referiu à matéria publicada no El País, nesta quarta-feira (7), que mostra tentativas de procuradores de atacá-lo. “Eles são de baixíssimo nível. Usam linguagem de criminoso. Eles estavam vendendo palestras para empresas que estavam sendo investigadas por eles. Se outras pessoas tivessem feito isso, eles tinham pedido prisão preventiva. É uma gente muito baixa, desqualificada. Deixaram um grupo de irresponsáveis à solta, cometendo crimes”.

Veja também:

Dallagnol recebeu R$ 33 mil para palestrar em empresa citada na Lava Jato

É “gravíssimo” que Moro tenha falado a presidente do STJ sobre descarte de provas

Hacker preso por Moro não é fonte do Intercept, diz Greenwald

Editor do Intercept diz que instituições brasileiras não são confiáveis e avisa: reportagens vão continuar

'The Intercept Brasil' afirma que não comenta sobre suas fontes

"Hacker" delata e diz que repassou dados de Moro ao The Intercept

Operação Spoofing não mostra elo entre hacker e vazamentos do Intercept

Saiba quem são os 4 suspeitos de envolvimento em invasão do celular de Sergio Moro

Entenda a operação que prendeu suspeitos de invadir a conta de Moro no Telegram

Vaza Jato: Deltan sugeriu que Moro protegeria Flávio Bolsonaro para não desagradar o presidente

Glenn Greenwald: “Moro sabe que eu sei tudo que ele disse e fez. E sabe que vamos contar tudo”

Vaza Jato: Deltan via Flávio Bolsonaro como corrupto e temia que Moro abafasse o caso

Veja e Intercept revelam conversas entre Daltan e desembargador do TRF4 que aumentou pena de Lula

Moro reaparece ao lado de general e comemora Previdência

Reforma da Previdência: deputados votam emendas e destaques nesta quinta (11)

“Estamos diante de uma tragédia humanitária”, diz Eduardo Fagnani sobre a Previdência

Veja como votaram os deputados da Bahia no 1º turno da reforma

Câmara aprova reforma da Previdência que deixa os pobres mais longe da aposentadoria

Fábio Pannunzio alerta sobre ameaças contra Glenn Greenwald e equipe do Intercept

Fernando Brito: "A soberba" (de Moro)

Em diálogos, Moro revela conselho de Fausto Silva à Lava Jato

Veja aponta novos crimes de Moro contra Lula

Deputado do PSOL xinga Moro de “ladrão” e sessão na Câmara é encerrada

Âncora da Globo aponta crime de Moro na perseguição contra Greenwald

Vídeo - Pimenta cobra de Moro a entrega de seu celular para perícia

Moro será ouvido por três comissões na Câmara nesta terça, 02

"Menos gente, mais radicalismo", por Fernando Brito

Lava Jato desconfiou de empreiteiro pivô da prisão de Lula, diz jornal

Rui sobre Dallagnol: "Uma atitude tão perversa quanto a ditadura"

Glenn reforça autenticidade da Vaza Jato e responde ataques sobre edição do material

The Intercept divulga mensagens de procuradores criticando Moro

Veja publica primeira matéria da parceria com The Intercept e complica Sérgio Moro

A ‘Vaza Jato’ é um abalo na extrema-direita: só se derrota o autoritarismo desnudando suas entranhas

Greenwald diz na Câmara que áudios farão aliados de Moro se arrepender muito; jornalista diz que ex-juíz engana população com tática 'cínica'

STF decide manter Lula preso e adia análise de suspeita sobre Sergio Moro

Glenn Greenwald vai à Câmara falar do material que tem contra Moro e Dellangnol

Intercept vaza novos diálogos da Lava Jato; confira

Tijolaço, sobre o ex juiz no Senado: Moro produziu provas contra si mesmo

Wagner aperta e Moro admite deixar cargo caso todos os vazamentos sejam apresentados

Senadores de oposição desmontam estratégia de Moro, diz jornalista do Valor

Moro deturpa papel da imprensa e desafia jornalistas a 'entregarem material à polícia'

Intercept (novos trechos): Moro e MP “blindaram” FHC de acusação igual à de Lula

Entrevista - 'Temos um arquivo colossal' da Lava Jato, diz editor do Intercept

Intercept chama Moro de “mentiroso sociopata” e promete divulgar também áudios

Moro afirma que não reconhece autenticidade de mensagens de site

Novos trechos de conversas - Moro pediu para Lava Jato rebater defesa de Lula, diz Intercept

Vídeo - Em 1ª entrevista após caso Moro, Lula afirma à TVT que ex-juiz é mentiroso

Bolsonaro usará celular criptografado após vazamento de conversas de Moro

Lava Jato - Novo trecho de conversas envolve Moro, Dallagnol e ministro do STF

Como e por que o Intercept está publicando chats privados sobre a Lava Jato e Sergio Moro

“Ainda falta muita coisa para contar, e nós iremos”, informa editor do Intercept

“Podemos estar diante do maior escândalo da República”, diz Haddad sobre conluios revelados entre Moro e Dallagnol

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br