Galeria de Fotos

Não perca!!

Política

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chega ao velório do neto em São Bernardo (Foto: Reprodução)
Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chega ao velório do neto em São Bernardo (Foto: Reprodução)

Aeronave foi cedida pelo Governo do Paraná a pedido da PF. Criança tinha 7 anos e morreu de meningite

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou temporariamente a prisão em Curitiba para assistir neste sábado ao velório de seu neto Arthur, de 7 anos, que morreu de meningite meningocócica na sexta-feira. Por volta das 11h, Lula chegou ao Cemitério Jardim das Colinas, em São Bernardo do Campo, seu berço político na Grande São Paulo, escoltado pela Polícia Federal. Parentes, amigos e lideranças políticas acompanharam a cerimônia em meio a um esquema de segurança reforçado e com a presença de um grupo pequeno de apoiadores. Arthur era filho de Sandro, herdeiro do líder petista, e de Marlene, e foi cremado por volta do meio dia. O ex-presidente deixou o local por volta das 13h e se prevê que retorne  ao Paraná ainda neste sábado.

Logo após a entrada do petista, seguranças fecharam os portões do cemitério e muitos não conseguiram entrar para acompanhar o velório. “Lula, estamos juntos”, gritavam os apoiadores. Antes do presidente, por volta das 9h30, chegou ao local a ex-presidenta Dilma Rousseff, que foi se reunir com os familiares do ex-presidente, em uma sala reservada. Outras lideranças políticas petistas também estão no local, como o ex-presidente do PT, Rui Falcão, Eduardo Suplicy e o governador da Bahia, Rui Costa. "Lula chorou de fato ao se despedir e agradecer a todos. Perante seu neto, ele tomou um compromisso de que vai comprovar a inocência dele e nós esperamos que isso ocorra o quanto antes", disse o ex-senador Suplicy.

O ex-presidente saiu da carceragem da Polícia Federal em Curitiba, onde está preso desde abril,  por volta das 7h da manhã e seguiu em helicóptero para o aeroporto da cidade, de onde tomou um avião cedido pelo Governo do Paraná rumo a São Paulo. É a segunda vez que Lula deixa sua cela, onde cumpre duas condenações por corrupção, desde que foi preso, em abril. Em novembro, ele deixou a carceragem da PF brevemente para prestar depoimento em um dos casos a que responde. No caso deste sábado, Lula foi autorizado pela Justiça Federal a deixar a prisão com base na Lei de Execução Penal, que prevê o direito de detidos de participar de velórios e enterros de parentes próximos. É a primeira vez que o petista, que apareceu nas imagens sem algemas e de blazer preto, consegue essa autorização, que já foi negada quando seu irmão de 79 anos morreu em janeiro - as primeiras instâncias da Justiça vetaram o pedido e quando a permissão finalmente veio, dada pelo Supremo Tribunal Federal, o sepultamento de seu irmão já estava ocorrendo.

Durante a sexta-feira e o sábado, políticos e personalidades, inclusive seus opositores, como José Serra ou Fernando Henrique Cardoso, enviaram mensagens de condolências a Lula. O ex-presidente era bastante próximo do neto, que chegou a visitá-lo na prisão pelo menos duas vezes. Arthur e seus pais moravam com o ex-presidente desde a morte de sua mulher, Marisa Letícia, em 2017, e nas redes sociais de Lula era comum ver fotos com o neto.

Veja também:

A morte do inocente neto de Lula soltou os monstros do ódio

Lula deixa carceragem da Polícia Federal para ir a velório de neto

Avião cedido - Justiça libera ex-presidente para ir a enterro de neto; entenda o caso

Justiça autoriza ida de Lula ao velório do neto em São Paulo

Neto de 7 anos do ex-presidente Lula, morre de meningite bacteriana em SP

Defesa de Lula aponta erros absurdos da nova condenação

Lula desiste de ir ao enterro do irmão após permissão em cima da hora

Toffoli autoriza Lula a sair da prisão para ver seu irmão antes de enterro, minutos antes do sepultamento

Lula recorre ao Supremo para ir ao velório do irmão; Toffoli decide

TRF-4 nega recurso para Lula ir ao velório do irmão

Morre Vavá, irmão de Lula morre; ex-presidente quer ir ao velório

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br