Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Política

Ainda em andamento, o pleito poderá ter a aprovação garantida, dada a maioria da base do governo, que deverá ser orientada pela aprovação (Foto: CFF/Carlos Eduardo Freitas)
Ainda em andamento, o pleito poderá ter a aprovação garantida, dada a maioria da base do governo, que deverá ser orientada pela aprovação (Foto: CFF/Carlos Eduardo Freitas)

Situação tensa! A tarde desta terça-feira, 06 de março, no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), foi marcada por críticas da bancada de oposição à votação do projeto das Gratificações da Atividade Policial (GAPs 4 e 5) para os policiais militares da Bahia e reajuste de 6,5% para os servidores do estado. A oposição tentou obstruir a votação, que teve PMs como espectadores da mesma. Ainda em andamento, o pleito poderá ter a aprovação garantida, dada a maioria da base do governo, que deverá ser orientada pela aprovação.

A bancada oposicionista apresentou 27 emendas ao projeto, pedindo, entre elas, a antecipação do pagamento da GAP, o que pode não ser aceito pelo governo. O deputado estadual Bruno Reis (PRP) chegou a afirmar que se as emendas não forem acatadas a pauta será obstruída. Eles pedem também um reajuste de 10% para os servidores, em vez dos 6,5% do governo. 

O líder do governo, deputado Zé Neto (PT), chegou a indicar que poderá ter modificações na matéria. A sessão promete se estender até altas horas da noite. A definição sobre as GAPs não será algo simples de se resolver no “embate” do plenário desta terça-feira na ALBA. Há pano para manga. Vamos aguardar.

Saiba mais sobre: Política

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br