Galeria de fotos

Não perca!!

Política
Em: 05/08/11 - 10:04 Fonte: Antonio Franco Editoria: Política

Após João Durval, senador do PSDB também retira assinatura para CPI dos Transportes

Li4vLi4vLi4vaW1hZ2VzL3N0b3JpZXMvcG9saXRpY2EvQXRhaWxkZXMuanBnJmFtcDt3PTIwMCZhbXA7aD0xNjAmYW1wO3E9OTAmYW1wO3pjPTE=.jpgO senador Ataídes de Oliveira (PSDB-TO) retirou a assinatura do requerimento que pede a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Transportes no Senado, informou a Secretaria Geral da Mesa da Casa na manhã desta quarta-feira (3).

Oliveira é o primeiro suplente de João Ribeiro, que pertence ao PR, partido que ficou no foco de uma série de denúncias sobre desvio de dinheiro e cobrança de propina no Ministério dos Transportes e no Departamento

Leia mais...
 
Em: 05/08/11 - 10:03 Fonte: Antonio Franco Editoria: Política

CFF - Projeto de lei quer tratamento gratuito de dislexia para alunos da rede estadual de ensino

Li4vLi4vLi4vaW1hZ2VzL3N0b3JpZXMvcG9saXRpY2EvbGVpdHJhdGFtZW50by5qcGcmYW1wO3c9MjAwJmFtcDtoPTE2MCZhbXA7cT05MCZhbXA7emM9MQ==.jpgOs trabalhos na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) voltaram com todo gás, após recesso. Foi apresentado na Casa legislativa um projeto de lei que se destina a oferecer medidas que auxiliem alunos portadores de dislexia no estado. A proposição quer melhorar a identificação e tratamento do distúrbio para alunos da rede estadual de ensino, com vistas numa melhoria no sistema educacional e, com isso, uma educação de maior qualidade, promovendo a cidadania desses indivíduos.

Leia mais...
 
Em: 05/08/11 - 09:59 Fonte: Antonio Franco Editoria: Política

CFF - Luiza Maia alerta para perigo do denuncismo exacerbado e defende democratização dos meios de comunicação

Li4vLi4vLi4vaW1hZ2VzL3N0b3JpZXMvcG9saXRpY2EvbG0uanBnJmFtcDt3PTIwMCZhbXA7aD0xNjAmYW1wO3E9OTAmYW1wO3pjPTE=.jpgEm seu pronunciamento na sessão ordinária desta terça-feira, 02 de agosto, na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), a deputada estadual Luiza Maia (PT) destacou a importância de democratizar os meios de comunicação que, para ela, muitas vezes são verdadeiros “partidos de oposição” ao governo e alertou para o cuidado com o denuncismo que, muitas vezes, não se fundamenta.

O discurso da parlamentar foi em virtude das notícias que deram conta da exoneração de Ana Lúcia Vilas Boas, do

Leia mais...
 
Em: 05/08/11 - 09:56 Fonte: Antonio Franco Editoria: Política

Ex-ministro Nascimento diz que saiu porque não teve apoio do governo

Li4vLi4vLi4vaW1hZ2VzL3N0b3JpZXMvcG9saXRpY2EvbmFzY2ltZW50by5qcGcmYW1wO3c9MjAwJmFtcDtoPTE2MCZhbXA7cT05MCZhbXA7emM9MQ==.jpgO ex-ministro dos Transportes, senador Alfredo Nascimento, disse na tarde desta terça (2), em discurso de cerca de 45 minutos da tribuna do Senado, que renunciou ao cargo de ministro dos Transportes porque não recebeu apoio do governo.

Senador pelo PR-AM, Nascimento deixou o ministério em 6 de julho em razão de denúncias da existência de um suposto esquema de superfaturamento de obras envolvendo servidores da pasta. Nesta terça, ele retomou

Leia mais...
 
Em: 05/08/11 - 09:55 Fonte: Antonio Franco Editoria: Política

Dilma diz que não será tolerante com a corrupção

Li4vLi4vLi4vaW1hZ2VzL3N0b3JpZXMvcG9saXRpY2EvRGlsbWExLmpwZyZhbXA7dz0yMDAmYW1wO2g9MTYwJmFtcDtxPTkwJmFtcDt6Yz0x.jpgApós o lançamento do Plano Brasil Maior, hoje (2), no Palácio do Planalto, a presidenta Dilma Rousseff disse que não será tolerante com atos de corrupção. “Combateremos sistematicamente", disse a presidenta que, nos últimos meses, vem enfrentando sucessivas denúncias de corrupção no governo, principalmente no Ministério dos Transportes e, esta semana, no Ministério da Agricultura.

Dilma, no entanto, disse que esse combate não será feito somente em reação às reportagens que tornaram públicas as suspeitas de irregularidade. "O governo não irá abraçar nenhum caso de corrupção, mas também não irá se pautar por medidas midiáticas no combate à corrupção. Nós combateremos efetivamente”, garantiu a presidenta.

 
Em: 05/08/11 - 09:54 Fonte: Antonio Franco Editoria: Política

Mobilidade: Wagner defende consenso

Li4vLi4vLi4vaW1hZ2VzL3N0b3JpZXMvcG9saXRpY2Evd2FnbmVyLmpwZyZhbXA7dz0yMDAmYW1wO2g9MTYwJmFtcDtxPTkwJmFtcDt6Yz0x.jpgA declaração da ministra Miriam Belchior (Planejamento) de que a presidente Dilma Rousseff (PT) deu orientações para que as 12 cidades-sede da Copa utilizem BRT para integrar seus já existentes planos de mobilidade urbana com vistas à Copa do Mundo 2014, por conta do custo e, sobretudo, do tempo, continua movimentando o cenário de Salvador e Curitiba.

As duas capitais abriram a possibilidade de modificar os projetos para o transporte público de massa, de modo que o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) fosse escolhido como modal principal no lugar de um modelo sobre rodas. Por aqui, o imbróglio parece estar chegando ao fim.

“Eu repito que não tenho paixão por trilhos nem por rodas, mas, se o governo federal diz que não tem dinheiro para fazer transporte com trilhos, vamos aderir ao consenso”, afirmou o governador Jaques Wagner (PT), em entrevista ontem, complementando que para ele o importante é o melhor para a capital baiana.

O titular da Secretaria Estadual do Planejamento (Seplan), Zezéu Ribeiro, em entrevista à Tribuna, embora nas entrelinhas, deixou claro que o caminho para a capital baiana deverá mesmo ser o Bus Rapid Transit (BRT). “A ministra está cumprindo apenas um compromisso pactuado entre as cidades-sede”.

O secretário admitiu também que o resultado final do Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) realizado pelo Governo da Bahia para definir o modal de transporte ainda não saiu porque há, pelo menos até então, impasse entre as três esferas do Poder Executivo: governo federal, através do Ministério dos Transportes; governo do estado e Prefeitura Municipal do Salvador. “Ainda não podemos anunciar o resultado final.

Tem a questão técnica e tem a questão política. As esferas do poder federal têm que ter entendimento para haver posição concreta para partirmos para a execução das obras. Tem que definir qual é o projeto”, disse Zezéu.

Em entrevista a este diário, na edição de ontem, o secretário João Leão reafirmou que BRT é mais viável para Salvador não ficar travada durante a maior competição esportiva do planeta. De acordo com Leão, o único modal que possui projeto pronto, o que, inclusive, é essencial para licitação das obras e, diga-se de passagem, já está aprovado pela Caixa Econômica Federal desde 2010, é o BRT.

“Temos planos de colocar o metrô nos trilhos e ampliá-lo. A meta, na verdade, é fazer uma revolução no transporte público de Salvador, mas é uma questão de bom senso. O BRT neste momento é o mais viável, pois, além de ter projeto aprovado pela Caixa Econômica Federal, possui um montante de R$ 570 milhões liberados, valor necessário para sua implementação, enquanto o VLT custaria R$ 2,7 bilhões”.
Câmara inicia debate sobre Copa

A Copa do Mundo de Futebol já chegou ao Brasil e a Câmara Municipal de Salvador sai na frente dos debates nacionais com a realização, no próximo dia 25, das 9h às 17h, no Centro de Cultura da Câmara, do Fórum de Expectativas de Ações para a Cidade do Salvador em Relação à Copa 2014. “Nosso objetivo é conhecer as ações estratégicas das instituições envolvidas para a realização da Copa 2014 e o legado que ficará para a cidade e o cidadão”, destaca o presidente da Câmara, vereador Pedro Godinho (PMDB). Ele reforça a necessidade que todos têm de saber mais sobre as “aspirações e interesses da população de Salvador”.

Para o vereador Sandoval Guimarães (PMDB), presidente da Comissão de Acompanhamento dos Empreendimentos da Copa 2014, o evento servirá, sobretudo, para “informar a sociedade soteropolitana sobre as políticas governamentais em relação à capital baiana”. O vereador falará das diretrizes das políticas públicas da Câmara.

O secretário estadual Ney Campello, da Secretaria Extraordinária de Acompanhamento dos Empreendimentos da Copa 2014, abordará o legado do governo estadual para a Copa. Já o secretário municipal Leonel Leal, gestor do Escritório Municipal da Copa, destacará as ações da administração municipal para o evento esportivo.

Também vão explanar sobre o assunto a senadora Lídice da Mata, presidenta da Subcomissão Temporária da Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016; o conselheiro Paulo Maracajá, presidente do TCM, entre outros.

 


Página 1665 de 1666

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br