Galeria de fotos

Não perca!!

Política
Em: 07/02/18 - 15:10 Fonte: Tribuna da Bahia Editoria: Política

‘Se a reforma não passar, faremos administração de danos’

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou ontem que, se a reforma da Previdência não for aprovada em fevereiro, o Planalto vai partir para "uma política de administração de danos". Segundo ele, o governo de Michel Temer tem como chegar ao fim, sem a reforma. Em evento da Associação Brasileira de Relações Institucionais e Governamentais (Abrig), que luta pela regulamentação do lobby no Brasil, o ministro disse que o projeto de privatização da Eletrobrás tem chance de ser aprovado este ano.Ele reafirmou a defesa da aprovação da reforma da Previdência, mas fez questão de destacar que o governo não vai deixar a discussão do tema passar de fevereiro. Para ele, esse é um direito do governo. Marun criticou os governadores que, "de dia criticam a reforma e à noite rezam por ela". Ele mencionou dois Estados governados pelo PT em que o déficit previdenciário é elevado: Minas Gerais, com R$ 16 bilhões em 2017, e Piauí, com R$ 1 bilhão no ano passado.

Leia mais...
 
Em: 07/02/18 - 13:27 Fonte: ASCOM/Luiz Caetano Editoria: Política

Caetano detona Temer por veto ao REFIS das microempresas

De acordo com o deputado, o veto de Temer irá prejudicar milhares de empresas e trabalhadores

Na volta dos trabalhos legislativos no Congresso Nacional, na terça-feira (06/02), o vice-líder do Partido dos Trabalhadores na Câmara dos Deputados, Luiz Caetano (PT/BA), fez um duro discurso contra o presidente Michel Temer (PMDB). Caetano criticou o fato de Temer ter vetado o REFIS para as micro e pequenas empresas. Para o parlamentar baiano, o Brasil piorou durante os meses de recesso. "A situação do Brasil tem piorado a cada instante. Com a maior cara-de-pau, o presidente impostor, Temer, veta agora o REFIS das micro e pequenas empresas, projeto que foi aprovado pela Câmara e pelo Senado Federal em dezembro do ano passado", disse.

Leia mais...
 
Em: 06/02/18 - 15:09 Fonte: Tribuna da Bahia Editoria: Política

Marco Aurélio arquiva investigação contra Jucá

Após 14 anos de investigações, o ministro Marco Aurélio Mello mandou arquivar, por prescrição e ‘ausência de indícios’, inquérito contra o senador Romero Jucá (PMDB-RR). O caso envolvia desvio em obras de saneamento e na área de educação mencionado em uma gravação pelo então prefeito da cidade de Cantá, em Roraima. Nos áudios, o político Paulo Peixoto, confessava receber 10% do valor dos contratos e ainda dizia um senador de Roraima também tinha uma comissão no contrato. O sigilo de dados bancário e fiscal do senador chegou a ser quebrado contemplando o período entre março de 1998 e dezembro de 2002, de acordo com a procuradora-geral.

Leia mais...
 
Em: 06/02/18 - 15:07 Fonte: Tribuna da Bahia Editoria: Política

Marun diz que faltam 40 votos para aprovar reforma

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, disse ontem (5) que hoje faltam 40 votos, mas que com um universo de 80 a 100 deputados indecisos, o governo terá o apoio necessário para aprovar a reforma da Previdência em fevereiro na Câmara. Em rápida entrevista coletiva após cerimônia no Palácio do Planalto, Marun disse que o governo pode estudar mudanças na proposta, desde que sejam garantidos seus fundamentos, a idade mínima e o mesmo regime de Previdência para os trabalhadores da iniciativa privadas e o funcionalismo público. Entre as possíveis novas alterações está uma regra de transição para aqueles que ingressaram no serviço público antes de 2003. “São 15 dias para conseguir 40 votos, em meio a um universo de 80 a 100 indecisos. Não é uma missão impossível e não é um desafio que nos assuste ou nos faça fugir”, disse Marun.

Leia mais...
 
Em: 06/02/18 - 14:19 Fonte: A Tarde Editoria: Política

Em depoimento à Justiça, Geddel diz que foi jogado em 'vale dos leprosos'

Geddel negou que estivesse intimidando mulher de Lúcio Funaro (Foto: Rodrigues Pozzebom | EBC | Fotos Públicas)

O ex-ministro Geddel Vieira Lima prestou depoimento na manhã desta terça-feira, 6, na Justiça Federal de Brasília, no processo em que é acusado de tentar obstruir as negociações do acordo de delação premiada de Lúcio Funaro com a Procuradoria-Geral da República.

Leia mais...
 
Em: 05/02/18 - 14:34 Fonte: Tribuna da Bahia Editoria: Política

Governo mantém indicação de Cristiane

Apesar de alguns auxiliares do presidente Michel Temer admitirem que o ideal é que o PTB indique um novo nome no lugar da deputada Cristiane Brasil (PTB-TJ) para a vaga de ministra do Trabalho, o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou nesta segunda-feira (5), que o governo não fará nenhum pedido ao partido. "Não vamos solicitar que o PTB faça qualquer alteração", disse o ministro em coletiva de imprensa.

Leia mais...
 


Página 7 de 1479

Enquete

Pena de morte no Brasil
 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br