Galeria de Fotos

Não perca!!

Policial

Mensagens trocadas entre a garota e o amigo também adolescente, que culminaram na prisão do acusado e no fim dos abusos (Foto: G1)
Mensagens trocadas entre a garota e o amigo também adolescente, que culminaram na prisão do acusado e no fim dos abusos (Foto: G1)

Um homem, de 44 anos, foi preso no Tocantins, depois de ter sido denunciado por mensagem de texto, pela filha de 13 anos, que tentava evitar que ele a estuprasse pela terceira vez na mesma noite.

 

A adolescente, que disse numa mensagem que estava com suas partes íntimas sangrando, escreveu a um amigo, também adolescente, dizendo que seu pai estava armado com um revolver e a toda hora invadia seu quarto para ter relações sexuais com ela. “A noite não passa”, disse a garota, em uma dos textos, claramente expressando a angustia que vivia com a situação, depois de ouvir do amigo que chamasse a polícia.

Segundo o G1, há pelo menos quatro anos que o sujeito vinha estuprando a filha, sob ameaça de morte, mas na noite do último dia 05 a garota resolveu pôr um fim aos abusos, pedindo ajuda ao amigo, que depois de sugerir que ela matasse o acusado, chamou ele a polícia.

Segundo pesquisa divulgada em 2018 pelo Atlas da Violência de 2018, mais de 50% dos casos de abuso sexual no Brasil acontece contra crianças, sendo que desses a maioria das investidas foram contra menores de 13 anos; 17 contra adolescentes e 32% contra a pessoa adulta.

O Atlas contextualiza os números usando números dos Estados Unidos onde a subnotificação é alarmante, onde somente 15% dos casos são denunciados. Na imensa maioria dos casos de estupro no Brasil o estudo aponta que acontece entre pessoas conhecidas e quase todos dentro da casa das vítimas.

No caso do Tocantins, que agora engrossa as estatísticas e cujas mensagens que acabou com as atrocidades do pai contra a filha chocam de tão contudentes (conforme imagem), depois da denúncia do rapaz, a polícia foi até o endereço fornecido e deteve o acusado que, ao aparecer no portão, naturalmente ser saber do que se tratava, apareceu arrumando a bermuda que vestia, ainda com a genitália à mostra.

O G1 dá conta ainda de que a mãe da garota estava no hospital onde se recuperava do parto em que dera à luz outro filho do indivíduo.

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br