Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Policial

'Nós estávamos presentes. Não precisamos entrar em ação, porque não houve registro de violência', afirmou o comandante-geral da PM, Anselmo Brandão (Foto: Reprodução)
'Nós estávamos presentes. Não precisamos entrar em ação, porque não houve registro de violência', afirmou o comandante-geral da PM, Anselmo Brandão (Foto: Reprodução)

Anselmo Brandão afirmou que o ataque contra a Guarda Municipal foi em local específico

Após o prefeito ACM Neto declarar que não havia policial militar fazendo patrulhamento na pipoca do cantor Igor Kannário ontem (4), no Campo Grande, o comandante-geral da PM, Anselmo Brandão, negou a ausência ao Metro1, na tarde de hoje.

“Nós estávamos presentes. Não precisamos entrar em ação, porque não houve registro de violência”, afirmou ele.

Quanto ao episódio em que foliões arremessaram objetos contra a Guarda Municipal, Brandão explicou que foi um local específico onde a PM não estava. “Mas o circuito estava cercado de policiais”, completou.

Veja também:

Ivete para trio e paga por mercadoria de ambulante após acidente

Treta! Bruna Marquezine deleta Instagram após Anitta postar foto com Neymar; confira

Cantor Denny Denan é internado em Salvador

Carnaval - Pipoca do Kannário é marcada por confusão e mensagens de paz

Carnaval - Cinco homens são presos por importunação sexual

Carnaval - Associação de policiais e deputado vão processar Kannário por apologia ao crime

Carnaval - Perdeu os documentos na folia? Saiba como evitar transtornos

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br