Galeria de fotos

Não perca!!

Policial

 Na época do crime, Janderson alegou que a vítima cometeu suicídio após uma briga (Foto: Divulgação)
Na época do crime, Janderson alegou que a vítima cometeu suicídio após uma briga (Foto: Divulgação)

Suspeito de matar a mulher com um tiro na cabeça, Janderson dos Santos Silveira foi condenado a 21 anos de prisão nesta quarta-feira, 19. O crime ocorreu no dia 3 de outubro de 2016.

Irlanda de Jesus Gomes foi assassinada aos 25 anos, na presença da filha que na época tinha 2 anos, dentro da casa onde viviam, no bairro da Boca do Rio, em Salvador. Na ocasião, Janderson alegou que a vítima cometeu suicídio após uma briga do casal.

Segundo o Ministério Público da Bahia (MP-BA), o suspeito disparou contra Irlanda após uma discussão com uma arma de calibre 38 comprada por R$ 1,5 mil. Ao impedir qualquer possibilidade de defesa da mulher, ele foi condenado pelo crime de feminicídio. A sentença foi prolatada pelo juiz Eduardo Augusto Santana.

As investigações concluíram também que a vítima já havia sido agredida fisicamente outras vezes, porém nunca prestou queixa à polícia.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Enquete

Nesse 2º turno, qual seu candidato para presidente?
 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br