Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Policial

Dentro do imóvel foram achados documentos pessoais de Elias, itens do Corinthians, time que ele torce, e fotos - Foto: Reprodução/YouTube
Dentro do imóvel foram achados documentos pessoais de Elias, itens do Corinthians, time que ele torce, e fotos - Foto: Reprodução/YouTube

Imagens impressionantes de uma casa que, por fora nem pintura tinha, mas por dentro estava equipada com acabamento em alto padrão, surpreendeu até a polícia. Localizada no Nordeste de Amaralina, na manhã desta sexta-feira (15), o imóvel era usado por Elias Pinto, um dos três criminosos mais procurados da Bahia, líder da quadrilha responsável pela morte do cabo Gustavo Gonzaga da Silva, no último sábado (9).

 

Denúncias anônimas levaram as equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Batalhão de Choque e da Superintendência de Inteligência da SSP até a residência, na Rua Baixa da Paz, na Santa Cruz. Dentro do imóvel, foram achados documentos pessoais de Elias, itens do Corinthians, time que ele torce, e fotos.

“Este criminoso saiu do presídio no indulto de Natal, no ano passado, não retornou e continua comandando o tráfico de drogas, determinando mortes, roubos, entre outras práticas ilícitas. É o tipo de marginal que não merece progressões de pena ou qualquer tipo de benefício. Vamos pegá-lo novamente”, avisou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

Denúncias sobre Elias podem ser enviadas através dos telefones 190 ou 3235-0000 (Disque Denúncia da SSP).

Veja o vídeo

Veja também:

Cinco das dez cidades mais violentas do país estão na Bahia, diz levantamento. Camaçari é a 9ª

29 mortes: região metropolitana de Salvador tem final de semana mais violento do ano


 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br