Galeria de fotos

Não perca!!

Policial

O casal estava dentro de um carro quando homens encapuzados chegaram atirando (Foto: Ney Silva/Acorda Cidade)
O casal estava dentro de um carro quando homens encapuzados chegaram atirando (Foto: Ney Silva/Acorda Cidade)

Um ex-policial militar e a namorada dele foram executados com vários tiros na manhã desta quinta-feira (8) na praça do bairro Santo Antônio dos Prazeres, em Feira de Santana. As vítimas estavam em um Hyundai IX 35, perfurado pelos disparos feitos por homens encapuzados que chegaram em duas motos.

O ex-soldado da PM Lucas Correia Pinheiro, 32 anos, filho de um policial civil da cidade da Catu, e Lorena Rios Araújo, 28, foram atingidos em várias partes do corpo. Na hora, Adones Crispiniano dos Santos, 29, que estava no ponto de ônibus foi atingido por um dos tiros na região do tórax e foi socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).

Não há informações sobre o estado de saúde de Adones. O caso é investigado pelo delegado Fabrício Linard, titular da Delegacia de Homicídios (DH) de Feira de Santana. A polícia desconhece ainda a autoria e motivação para o crime.

Crime
O crime aconteceu por volta das 8h40, quando o Hyundai IX 35 (placa NYX-6998, licença de Catu) foi fechado por motoqueiros encapuzados. “Pela quantidade de tiros no veículo, que ficou todo perfurado, pelo menos quatro homens praticaram o crime”, contou o coronel Luziel Andrade, comandante do CPRL (Comando de Policiamento da Região Leste).

Segundo a polícia, foram apreendidos oito cartuchos de escopeta calibre 12 e 15 cartuchos de pistola ponto 40 - um tiro de escopeta atingiu a cabeça de Lucas. Não há informações sobre os dados do veículo utilizado pelos criminosos.

O tenente disse também que próximo ao local do crime há uma câmera de segurança e, caso esteja funcionando, vai ajudar nas investigações para chegar aos autores do crime. “É um ângulo privilegiado e pode ajudar muito”, disse.

Demissão
Lucas entrou na PM em 2008 e há três anos foi expulso da corporação. “Ele respondia por um homicídio cometido durante uma Micareta de Feira, que gerou um IPM (Inquérito Polícia Militar) e resultou na demissão”, declarou coronel Andrade.

Segundo ele, há informações de que o ex-PM estava envolvidos em outras ações criminosas. “ O que circula por aqui são relatos de que ele cometeu um crime em Jacobina e de que teria envolvimento no jogo do bicho”, disse. Ainda de acordo com o coronel, o ex-policial namorava Lorena, que recentemente havia se separado.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Enquete

Pena de morte no Brasil
 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br