Galeria de fotos

Não perca!!

Policial

Ele alegou que agiu para se defender; garota teve hemorragia após apanhar (Foto: Divulgação)
Ele alegou que agiu para se defender; garota teve hemorragia após apanhar (Foto: Divulgação)

Guilhermo do Carmo Miguel, 18 anos, foi preso na tarde desta sexta-feira (10) pela morte da namorada, a adolescente Stephany Silva Sena dos Santos, 16. Os dois namoravam há quatro meses quando, na segunda-feira (6), ele agrediu Stephany com socos e pontapés. Ela morreu na quinta-feira por conta de uma hemorragia interna causada pelo espancamento.

Segundo a polícia, o casal tinha brigas e discussões constantes. Na segunda, na casa de Guilhermo, em Canabrava, houve uma nova confusão entre os dois. O rapaz então agrediu brutalmente a namorada. Stephany voltou para casa, em Mapele, Simões Filho, depois. Ela reclamou para os familiares de que estava com uma dor de dente.

Com o maxilar inchado, no dia seguinte ela procurou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Simões Filho. De lá, foi encaminhada ao Hospital Geral do Estado (HGE) por conta da hemorragia interna. Na quinta, ela não resistiu às complicações da hemorragia e sofreu uma parada cardiorrespiratória, morrendo em seguida.

Um dia antes de morrer, Stephany usou o Facebook para fazer um desabafo. "Tou tão triste por que quem eu amo foi capaz de me magoar profundamente e ainda me dar um murro tão forte que fez meu rosto fica inchado e de partir a minha mandíbula. Não bastando apenas sofrer pelas coisas que eu descobri dele, agora tou sofrendo mais ainda porque eu vou ter que fazer uma cirurgia, estou internada esperando achar alguma vaga em hospital de Salvador", escreveu ela, postando uma foto mostrando o rosto inchado.

No depoimento à polícia, Guilhermo alegou que agiu para se defender. “Ele afirma que ela sempre discutia por ciúmes e que Stephany teria começado com as agressões, por isso ele teria revidado”, diz o delegado Guilherme Machado, da 2ª Delegacia de Homicídios, que é responsável pela investigação.

O suspeito foi encaminhado para exame médico e passará por audiência de custódia no final de semana. O delegado pediu a prisão preventiva dele.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br