Galeria de fotos

Não perca!!

Policial
Em: 25/03/19 - 12:29 Fonte: A Tarde Editoria: Policial

Uma pessoa morre e outra fica ferida em acidente no trecho da cidade de Dias D'Avila

Acidente foi registrado no KM 23, próximo à uma cervejaria (Foto: Reprodução)

Uma colisão entre um caminhão e um carro na manhã desta segunda-feira, 25, na BA-093, no trecho da cidade de Dias D'Avila, deixou uma vítima fatal, que morreu na hora, e outra em estado grave, que foi conduzida por uma equipe de resgate para o Hospital Geral de Camaçari.

Leia mais...
 
Em: 24/03/19 - 11:55 Fonte: A Tarde Editoria: Policial

Detentos serram grade e fogem do Conjunto Penal de Feira de Santana

Unidade prisional do município conta com quase 1.800 detentos (Foto: Reprodução)

Dois detentos do Conjunto Penal de Feira de Santana (localizado a 109 km de Salvador) fugiram na madrugada deste sábado, 23. Segundo o site Acorda Cidade, eles conseguiram serrar uma das grades da cela, em seguida, pularam o muro da unidade. A dupla chegou a ser avistada por guardas, mas, acabou desaparecendo no matagal.

Leia mais...
 
Em: 18/03/19 - 12:21 Fonte: IBahia Editoria: Policial

Homem é preso após estuprar e matar idosa de 92 anos depois de prestar serviço na casa

Suspeito estava andando descalço quando foi preso

Uma mulher encontrou sua mãe, de 92 anos, caída no chão, espancada e com sinais de estupro, quando foi visitá-la neste domingo, no município Nobres (MT), a 124 quilômetros de Cuiabá. Maria Barbosa dos Santos chegou a ser socorrida e levada, em estado grave, para o Hospital e Maternidade Laura de Vicuna, mas morreu na manhã desta segunda-feira.

Leia mais...
 
Em: 17/03/19 - 08:11 Fonte: G1 Editoria: Policial

Pai, madrasta e outros dois réus são condenados pela morte do menino Bernardo

Leandro Boldrini, o pai de Bernardo é um dos acusados do crime (foto: TJRS | Reprodução)

Bernardo Uglione Boldrini, 11 anos, foi dado como desaparecido em 4 de abril de 2014. Depois de 10 dias, o corpo dele foi encontrado em uma cova, no município Frederico Westphalen, próximo a Três Passos (RS)

Os quatro acusados pela morte do menino Bernardo Uglione Boldrini, em abril de 2014, foram condenados nesta sexta-feira (15/3) pelo Conselho de Sentença do Tribunal do Júri. Após cinco dias de julgamento, a decisão foi lida no começo da noite pela juíza Sucilene Engler Werle no Foro de Três Passos, no Noroeste do Rio Grande do Sul. Pai, madrasta e outros dois acusados responderão pelo crime.

Leia mais...
 
Em: 16/03/19 - 11:04 Fonte: Agência O Globo Editoria: Policial

Professor armado com faca e uma besta entra em secretaria de Educação no DF

Professor entrou armado em prédio da Secretaria de Educação do DF (Foto: Divulgação | Polícia Militar do Distrito Federal)

Docente estava muito alterado e dizia que queria falar com o secretário

Um professor de 53 anos, armado com uma faca e uma besta com três dardos (tipo arco e flecha) entrou no prédio da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal no final da manhã desta sexta-feira, dizendo que "queria uma conversa" com o secretário, informou a Polícia Militar do DF.

Leia mais...
 
Em: 14/03/19 - 11:11 Fonte: R7 Editoria: Policial

A cada 15 horas uma arma é achada em escolas estaduais de São Paulo

No fim da noite desta quarta-feira (13), a Secretaria da Educação informou, por meio de nota, que os procedimentos de segurança em todas as 5,3 mil escolas serão revisados

Entre 2014 e 2017, foram registrados 2.351 casos de posse ou encontro de armas e/ou objetos perigosos nas mais de 5.000 escolas do sistema de ensino do estado de São Paulo, de acordo com a Secretaria Estadual de Educação.

É como se, a cada 15 horas, uma arma tivesse sido encontrada dentro de uma escola estadual paulista. Os dados foram obtidos com exclusividade pelo R7 por meio da lei acesso à informação.

Na manhã desta quarta-feira (13), dois ex-alunos entraram em uma escola estadual armados e mataram oito pessoas e depois cometeram suicídio. Outras dez pessoas ficaram feridas e ainda não se sabe o motivo do ataque.

Os dados são do ROE (Registro de Ocorrências Escolares), sistema utilizado pelo Governo do Estado de São Paulo para registrar ocorrências e fatos de segurança nas escolas da rede. O sistema também registra ocorrências de bullying, agressões, depredação do patrimônio público e até mesmo abuso sexual.

Os dados apontam que, no ano de 2017, foram registradas 693 armas casos de armas — um aumento de 37% em relação as 505 armas registradas em 2016. Em 2015, foram 555 casos e, em 2014, 598 (veja o gráfico abaixo). O R7 também solicitou os dados do ano de 2018 para a Secretaria de Educação de São Paulo, mas, até a publicação desta reportagem, não houve resposta.

"Escola é um lugar de socialização e saber, não é um lugar para se levar armas. Não sei o que está acontecendo que não conseguimos explicar isso para nossos alunos", diz Miriam Abramovay, especialista em violência no ambiente escolar.

Miriam também alerta que estes dados têm tendência a serem subnotificados. "Tem muita criança, muito adolescente, que leva a arma para escola para se exibir e isso não chega ao conhecimento da direção ou dos professores", alerta.

O advogado e especialista em direitos humanos Ariel de Castro Alves defende que, junto com um controle da entrada de alunos e reforço no policiamento, seja necessário um trabalho mais amplo com alunos e professores que inclua "até a necessidade de cada escola ter equipes técnicas com psicólogos e assistentes Sociais. A melhor prevenção é através do diálogo entre estudantes e educadores, para que os jovens alertem quem está indo armado para a escola".

"Medidas punitivas não são o caminho. Com um programa de prevenção à violência, com a participação da comunidade, você vai estar pensando a política pública de outra forma. Não adianta colocar polícia, militarizar escolas, colocar câmeras, quando uma política pública preventiva poderia ter coibido um problema como esse", afirmou Miriam Abramovay, defendendo que sejam implantados programas de convivência, que possam integrar todas as pessoas que frequentam ou tenham relação com a escola.

O secretário de Educação do Estado de São Paulo, Rossieli Soares da Silva, afirmou, em entrevista coletiva após o ataque em Suzano, que a escola possuía câmeras de vigilância, mas que elas não seriam suficientes para coibir o massacre.

Segundo o secretário, o governo vai discutir uma nova política de segurança para as escolas estaduais de São Paulo, na tentativa de coibir que casos similares se repitam.

No fim da noite desta quarta-feira (13), a Secretaria da Educação informou, por meio de nota, que os procedimentos de segurança em todas as 5,3 mil escolas serão revisados e está em estudo um projeto para reforço à segurança nas escolas mais vulneráveis.

A escola estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, foi palco de um massacre nesta quarta-feira (13). Dois adolescentes encapuzados invadiram a escola e começaram a disparar. Inicialmente, deixaram sete mortos — sete alunos e um funcionário — e, em seguida, se mataram.

Veja também:

Aluna se finge de morta para não ser atingida durante tiroteio em escola de Suzano

Sobe para dez o número de mortos no massacre em escola de Suzano

Vídeo mostra desespero de alunos após tiros em escola em Suzano

PM confirma morte de cinco crianças em tiroteio em São Paulo

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 


Página 6 de 1123

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br