Galeria de fotos

Não perca!!

Policial
Em: 09/03/19 - 15:16 Fonte: Uol Editoria: Policial

Líder do PCC é preso dentro da mata no Paraguai e pode ser expulso para o Brasil

'Matrix' estava escondido na mata, a menos de dois quilômetros do local em que seu parceiro foi morto em confronto com os policiais Imagem: SNI/Secretaria Nacional de Inteligência do Paraguai

Considerado o principal líder da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) na fronteira entre os dois países, o brasileiro Thiago Ximenez, o 'Matrix', foi preso na madrugada desta sexta-feira, 8, no Paraguai. Ele se entregou sem resistência, três dias depois de ter escapado de um cerco em que seu 'braço direito', Reinaldo de Araújo, foi morto por agentes das Forças de Operações Policiais Especiais (Fope) daquele país. Os dois haviam fugido juntos do quartel do Grupamento Especializado da Polícia Nacional, em Assunção, em dezembro de 2018.

'Matrix' estava escondido na mata, a menos de dois quilômetros do local em que seu parceiro foi morto em confronto com os policiais, na Villa Ygatimi, departamento de Canindeyú. Com ele, os policiais apreenderam uma pistola 9 mm. De acordo com o ministro do Interior, Juan Ernesto Villamayor, o foragido estava debilitado pelo período passado escondido no mato, por isso foi levado a um hospital e passou por reidratação. 'Matrix' foi levado para a capital e está custodiado no Grupamento Especializado, principal penitenciária de Assunção.

Conforme Villamayor, com base em antecedentes, será decidido se ele será expulso para o Brasil ou extraditado para a Argentina, onde também responde a processos criminais. A Argentina formalizou pedido de extradição de Ximenez, mas a decisão cabe às autoridades paraguaias. Segundo ele, o destino do preso será definido "o mais rápido possível". Em sua conta no Twitter, o presidente paraguaio Mario Abdo felicitou a Polícia Nacional pela recaptura "de um dos principais chefes da organização PCC".

Ximenez foi preso em 2014, em Ciudad del Este, pela participação em assalto a um carro-forte. Condenado a 20 anos de prisão em território paraguaio, ele já havia fugido da prisão anteriormente com outros 12 presos. 'Matrix' assumiu o comando do PCC na fronteira após a prisão do ex-líder Sérgio de Arruda Quintiliano Neto, o 'Minotauro', no início de fevereiro, em Camboriú, litoral de Santa Catarina.

REBELIÃO

A prisão de 'Matrix' faz parte de um grande esforço que o país vizinho realiza para conter o avanço de facções brasileiras no país. Nesta quinta-feira, 7, um grupo de novos integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) tomaram um agente penitenciário como refém e comandaram uma rebelião, na penitenciária de Coronel Oviedo, departamento de Caaguazú, no Paraguai.

Conforme a Polícia Nacional, os revoltosos exigiam a renúncia do diretor Quintín González e melhoria nas condições dos presos. O guarda-cárcere Pablino Vera foi rendido pelos presos armados com estiletes e facas improvisadas. Os rebelados ameaçaram cortar sua cabeça e o feriram no rosto.

O motim teve início no Pavilhão C, quando o agente fazia a contagem de rotina dos presos. Ele foi rendido por detentos empunhando armas brancas, feitas no interior do presídio. O guarda teve os pés e as mãos amarrados. Os cinco presos que lideraram o motim foram identificados como novos integrantes do PCC no Paraguai. Eles ameaçavam matar o refém e colocar fogo nas celas, exigindo a presença de juízes e autoridades do governo.

Depois de cinco horas de negociação, a Polícia Nacional conseguiu conter o motim e libertar o refém. O ministro da Justiça, Julio Javier Rios, esteve na penitenciária e prometeu melhorar as condições dos internos em todos os cárceres do país. Segundo ele, os motivos do motim serão investigados. O ministro admitiu que a facção paulista estende seus tentáculos por países vizinhos, como o Paraguai, e tenta controlar os presídios. No ano passado, membros do PCC lideraram uma rebelião na penitenciária de Tacumbu, em Assunção.

Veja também:

Vídeo - Após ser chamado de ‘moleque’, prefeito dá tapa na cara de empresário

Leia depoimento de fisioterapeuta que levou 69 facadas na íntegra

Advogado executa esposa dentro de casa e se mata em seguida

Olavo de Carvalgo chama ministros de Bolsonaro de ‘fdp’ e pede que seus alunos deixem governo

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 
Em: 09/03/19 - 15:16 Fonte: Uol Editoria: Policial

Principal líder do PCC é preso dentro da mata no Paraguai e pode ser expulso para o Brasil

'Matrix' estava escondido na mata, a menos de dois quilômetros do local em que seu parceiro foi morto em confronto com os policiais Imagem: SNI/Secretaria Nacional de Inteligência do Paraguai

Considerado o principal líder da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) na fronteira entre os dois países, o brasileiro Thiago Ximenez, o 'Matrix', foi preso na madrugada desta sexta-feira, 8, no Paraguai. Ele se entregou sem resistência, três dias depois de ter escapado de um cerco em que seu 'braço direito', Reinaldo de Araújo, foi morto por agentes das Forças de Operações Policiais Especiais (Fope) daquele país. Os dois haviam fugido juntos do quartel do Grupamento Especializado da Polícia Nacional, em Assunção, em dezembro de 2018.

Leia mais...
 
Em: 09/03/19 - 13:10 Fonte: Em.com.br Editoria: Policial

Homem esfrega pênis em mulher dentro de ônibus e é preso após uso do botão de assédio

Vítima registrou a ocorrência na Delegacia de Mulheres (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A.Press)

Um homem foi preso na manhã deste sábado depois de tirar o pênis para fora da calça e esfregar o membro em uma mulher que estava sentada ao seu lado em um ônibus do Move em Belo Horizonte.

Leia mais...
 
Em: 09/03/19 - 11:38 Fonte: G1 Editoria: Policial

Homem é preso por torturar e manter namorada e filho dela de 3 anos em cárcere por 8 meses

William mantinha as vítimas em cômodos separados e os alimentava a cada dois dias (Foto: Reprodução)

Segundo a polícia, vítima aproveitou distração do suspeito e usou o próprio celular dele para pedir socorro à mãe. Caso ocorreu em Salvador.

Um homem de 28 anos foi preso em flagrante, em Salvador, suspeito de manter a namorada de 18 anos e o filho dela, de 3 anos, em cárcere privado por cerca de oito meses. O caso foi descoberto pela polícia após a vítima aproveitar um momento de distração do suspeito e usar o celular dele para avisar à mãe onde estava presa.

Leia mais...
 
Em: 09/03/19 - 10:30 Fonte: Correio 24h Editoria: Policial

Leia depoimento de fisioterapeuta que levou 69 facadas na íntegra

A fisioterapeuta Isabela Oliveira Conde, 36 anos, tinha tudo para entrar nesses números, mas, apesar de ter levado 69 facadas entre o tórax e cabeça, no último dia 28 de fevereiro, sobreviveu para relatar sua luta pela vida (Foto: Reprodução)

"Ele ainda disse: 'andem logo com isso e não deixem esse sangue respingar em mim''

Este poderia ser mais um caso de feminicídio na Bahia. No ano passado, 75 mulheres foram assassinadas pelo simples motivo de serem mulheres, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). A fisioterapeuta Isabela Oliveira Conde, 36 anos, tinha tudo para entrar nesses números, mas, apesar de ter levado 69 facadas entre o tórax e cabeça, no último dia 28 de fevereiro, sobreviveu para relatar sua luta pela vida.

Leia mais...
 
Em: 09/03/19 - 10:07 Fonte: Correio 24h Editoria: Policial

'Será que eu já morri?': fisioterapeuta relata como sobreviveu a 69 facadas

Sem enxergar do olho direito, Isabela tem prognóstico de melhora com nova cirurgia (Foto: Marina Silva)

Namorado planejou crime e pagou R$ 1 mil a dois comparsas para atacar mulher dentro do carro

O endereço exato em que se encontra Isabela Oliveira Conde, 36 anos, nos foi fornecido uma hora antes da entrevista. Apenas a polícia, a família e a reportagem do CORREIO tiveram acesso a essa informação. Depois de sobreviver a 69 facadas na noite de 28 de fevereiro, ela ainda está longe de ter a sua vida de volta. Com dois dos seus três algozes soltos, Isabela tem que conviver com o isolamento: não pode trabalhar e não se comunica com os amigos.

Leia mais...
 


Página 8 de 1123

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br