Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Internacional

Gangues de macacos da Tailândia estão tendo que lutar pelo pouco de comida que ainda resta (Foto: Reprodução)
Gangues de macacos da Tailândia estão tendo que lutar pelo pouco de comida que ainda resta (Foto: Reprodução)

Principal fonte de alimentação dos primatas eram os petiscos dados pelos turistas, que desapareceram após o surto

Não tá fácil para ninguém com o coronavírus. Enquanto os humanos estão com medo de serem contaminados, gangues de macacos da Tailândia estão tendo que lutar pelo pouco de comida que ainda resta.

Isso porque os primatas de Lopubri estão acostumados a encher a barriga comendo petiscos dados por turistas. Com a pandemia, o número de visitantes caiu exponencialmente e, consequentemente, retirando a principal fonte de alimentação dos bichos.

O situação ficou ainda mais tensa quando os macacos avistaram um outro comendo uma banana e investiram contra ele, conforme reportagem publicada pelo "Daily Star". Os símios envolvidos na batalha pela fruta seriam de duas "gangues" rivais.

Moradores e os poucos turistas que se aventuram na região ficaram chocados com o comportamento dos macacos."Acho que os macacos estavam muito, muito famintos", disse Sasaluk Rattanchai, que testemunhou a cena.

Ao lado de templos, a alimentação de macacos é uma das principais atrações turísticas de várias regiões tailandesas.

Vídeo

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br