Galeria de fotos

Não perca!!

Nacional

 'Já foi derrubada na sepultura a tua soberba com o som das tuas violas; os vermes debaixo de ti se estenderão, e os bichos te cobrirão.' Isaías (14, 11)
'Já foi derrubada na sepultura a tua soberba com o som das tuas violas; os vermes debaixo de ti se estenderão, e os bichos te cobrirão.' Isaías (14, 11)

Dizem os que tratam de religião que a soberba é o pior dos pecados capitais e que ela é um sentimento tão forte que “só morreria meia hora depois de seu dono”.

Pois Sérgio Fernando Moro é um case para estudos sobre a soberba.

Os fatos e revelações se acumular, as evidências da veracidade das suas intervenções espúrias saltam aos olhos e ele prefere, agora transformado em bolsominion puro, em confiar que nada o atingirá, nada tirará dele a imagem de justiceiro vingador que a mídia e o ódio lhe construíram, e que contra ele nada se ousará, porque temerão destruir a obra política que sua ação construiu.

Hoje, em sua primeira aparição depois da nova onda de revelações, foi a uma reunião de empresários e investidores financeiros saborear os aplausos de uma turma da qual foi instrumento político.

Soltou-se em gracejos e repetiu a cantilena de que não dava credibilidade às mensagens porque ela viriam de um hacker e podem ter sido adulteradas ou serem simplesmente falsas, embora tudo o que se noticiou encaixe com os fatos e, em alguns casos, tenham a confirmação de que aconteceram, como a sessão de conselhos do animador de auditórios Fausto Silva.

Deveria servir-se de seus amigos evangélicos e aprender com o que dizia Isaías (14, 11): “Já foi derrubada na sepultura a tua soberba com o som das tuas violas; os vermes debaixo de ti se estenderão, e os bichos te cobrirão.”

Pois neste momento, no Judiciário, mesmo os maiores adeptos do superpoder que a ação de Sérgio Moro a todos eles concedeu e que lhes permite aterrorizar a tudo e a todos, começa a grassar a ideia de como se livrarem, com menos danos possíveis, do que a figura de Sérgio Moro agora traz aos juízes: o nojo.

Ministros do Supremo, Fux we Trust e Edson Aha Urru Fachin, estão expostos como serviçais incondicionais de Curitiba.

Eles e outros, em outras cortes, tremem em pensar no que ainda vai surgir. Mesmo que não tenham postado uma única frase em aplicativos, sabem que o que deles se disser, nos termos jocosos que habitam os diálogos de Curitiba, é capaz de enlameá-los pesadamente.

Igual no Ministério Público, tornaram-se menos, muito menos, os que querem que sua imagem se cole à de Deltan Dallagnol,

Toda a camada pretensiosa que aplaudiu e associou-se à República de Curitiba vai se afastando. Alguns ainda farão concessões verbais, mas que logo cessarão.

É que o castigo da soberba – está lá no mesmo Isaías – ao que sonha em subir acima das nuvens é, profetizado com um “contudo levado serás ao inferno, ao mais profundo do abismo. Os que te virem te contemplarão, considerar-te-ão, e dirão: É este o homem que fazia estremecer a terra e que fazia tremer os reinos?”

Veja também:

Em diálogos, Moro revela conselho de Fausto Silva à Lava Jato

Veja aponta novos crimes de Moro contra Lula

Deputado do PSOL xinga Moro de “ladrão” e sessão na Câmara é encerrada

Âncora da Globo aponta crime de Moro na perseguição contra Greenwald

Vídeo - Pimenta cobra de Moro a entrega de seu celular para perícia

Moro será ouvido por três comissões na Câmara nesta terça, 02

"Menos gente, mais radicalismo", por Fernando Brito

Lava Jato desconfiou de empreiteiro pivô da prisão de Lula, diz jornal

Rui sobre Dallagnol: "Uma atitude tão perversa quanto a ditadura"

Glenn reforça autenticidade da Vaza Jato e responde ataques sobre edição do material

The Intercept divulga mensagens de procuradores criticando Moro

Veja publica primeira matéria da parceria com The Intercept e complica Sérgio Moro

A ‘Vaza Jato’ é um abalo na extrema-direita: só se derrota o autoritarismo desnudando suas entranhas

Greenwald diz na Câmara que áudios farão aliados de Moro se arrepender muito; jornalista diz que ex-juíz engana população com tática 'cínica'

STF decide manter Lula preso e adia análise de suspeita sobre Sergio Moro

Glenn Greenwald vai à Câmara falar do material que tem contra Moro e Dellangnol

Intercept vaza novos diálogos da Lava Jato; confira

Tijolaço, sobre o ex juiz no Senado: Moro produziu provas contra si mesmo

Wagner aperta e Moro admite deixar cargo caso todos os vazamentos sejam apresentados

Senadores de oposição desmontam estratégia de Moro, diz jornalista do Valor

Moro deturpa papel da imprensa e desafia jornalistas a 'entregarem material à polícia'

Intercept (novos trechos): Moro e MP “blindaram” FHC de acusação igual à de Lula

Entrevista - 'Temos um arquivo colossal' da Lava Jato, diz editor do Intercept

Intercept chama Moro de “mentiroso sociopata” e promete divulgar também áudios

Moro afirma que não reconhece autenticidade de mensagens de site

Novos trechos de conversas - Moro pediu para Lava Jato rebater defesa de Lula, diz Intercept

Vídeo - Em 1ª entrevista após caso Moro, Lula afirma à TVT que ex-juiz é mentiroso

Bolsonaro usará celular criptografado após vazamento de conversas de Moro

Lava Jato - Novo trecho de conversas envolve Moro, Dallagnol e ministro do STF

Como e por que o Intercept está publicando chats privados sobre a Lava Jato e Sergio Moro

“Ainda falta muita coisa para contar, e nós iremos”, informa editor do Intercept

“Podemos estar diante do maior escândalo da República”, diz Haddad sobre conluios revelados entre Moro e Dallagnol

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br