Galeria de fotos

Não perca!!

Política

Andrea é suspeita de ter intermediado pedido de propina (Foto: Reprodução | Facebook)
Andrea é suspeita de ter intermediado pedido de propina (Foto: Reprodução | Facebook)

A irmã do senador afastado Aécio Neves foi presa nesta quinta-feira, 18, durante operação da Polícia Federal (PF). A ação acontece após a denúncia de que o tucano foi gravado pedindo R$ 2 milhões aos donos da JBS.

A PF também teria conversas de Andrea Neves solicitando o dinheiro para o empresário Joesley Batista. O mandado de prisão preventiva dela foi liberado pelo Supremo.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) também solicitou a detenção de Aécio, mas o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato, optou por encaminhar o caso para deliberação do plenário do Supremo Tribunal Federal (STF). Contudo, Fachin já afastou o parlamentar.

Policiais realizam buscas nas casas de Aécio em Brasília, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Os agentes federais também foram nas residências de Andrea Neves em Copacabana e na Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde ela foi presa.

Veja também:

Movimentos pró e contra Dilma prometem ir às ruas pela renúncia de Temer

Supremo determinou afastamento de Aécio Neves e Rocha Loures dos mandatos

 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br