Galeria de fotos

Não perca!!

Política

Aécio Neves foi acusado pelo empresário Joesley Batista de lhe pedir R$ 2 mi (Foto: Agência Reuters)
Aécio Neves foi acusado pelo empresário Joesley Batista de lhe pedir R$ 2 mi (Foto: Agência Reuters)

Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o afastamento do  presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (PSDB-MG), do mandato de senador. O ministro também autorizou que Rocha Loures (PMDB-PR) se afaste do mandato de deputado federal. Com relação ao senador Zezé Perrela (PMDB-MG), o mandado é de busca e apreensão.

A Polícia Federal realiza, na manhã desta quinta-feira, 18, busca e apreensão em dois imóveis de Aécio. A operação ocorre no Rio de Janeiro (RJ) e em Belo Horizonte (MG).

O Supremo também autorizou a prisão da irmã do senador, a jornalista Andrea Neves. O mandado é de prisão preventiva, quando não há prazo para a soltura.

O presidente do PSDB foi acusado pelo empresário Joesley Batista de lhe pedir dinheiro em meio às investigações da Operação Lava Jato. O valor de R$ 2 milhões foi rastreado e chegou ao senador Zezé Perrella (PMDB-MG).

Veja também:

 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br