Galeria de fotos

Não perca!!

Opinião

Exposição Queermuseu contava com 90 obras, de 270 artistas nacionais, abriu em 15 de agosto e iria até 8 de outubro
Exposição Queermuseu contava com 90 obras, de 270 artistas nacionais, abriu em 15 de agosto e iria até 8 de outubro

Afora o que a arqueologia tem descoberto acerca da passagem de Jesus Cristo por esse mundo, que não deixa dúvida nem para a mais cética das criaturas humanas, nem com todos os sinais, previstos na Bíblia, se confirmando escancaradamente, não são poucas as pessoas que insistem em não enxergar que não há acaso algum em nada em cima dessa terra, e que elas, e principalmente elas, que insistem em ignorar que há um Ser que fez e rege toda a existência que há, prestará contas a Ele das suas atitudes um dia.

E pelo patrocínio dos que fazem o Banco Santander, a certa "exposição cultural", em amostra em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, em exibição desde 8 de agosto e que deveria ir até o dia 15 de outubro, mas que, pelo clamor da população nas redes sociais, foi retirada de cena no último domingo, 03, também parece andar no mundo da lua quanto a esse fato.

Na amostra, bancada com verbas e o consentimento do governo federal, quase 1 milhão de reais, que deverá ser devolvido aos cofres públicos através dos impostos que o banco deixou de pagar sob prerrogativa da dita Lei Rouanet, que supostamente incentiva a boa cultura, vê-se de apologia a uma gama de crimes contra a criança e o adolescente à heresias e blasfêmias contra a pessoa de Jesus Cristo, com extrema ofensa à fé cristã, por quem supostamente diz apenas querer expressar o direito à diversidade sexual, e quem sabe crenças, de determinados indevidos, se que haja quaisquer preocupação com a afronta aos indivíduos que não comungam do mesmo pensamento – sem falar da agressão à divindade em que esses indivíduos creem.

Racismo, sexo e homossexualidade infantil, homossexualidade masculina e feminina, sexo com animal, e o vilipêndio à fé alheia, na imagem de um homem esquartejado, supostamente de Jesus Cristo, no seriam hóstia (que na fé católica representa o Corpo de Cristo) com palavra como pênis e vagina escrita sobre elas, na imagem de uma mulher, supostamente Maria, mãe de Jesus, com um macaco nos braços, com uma aureola (circulo) de luz sobre sua cabeça, como se o chimpanzé representasse Jesus, entre outras barbaridades estavam sendo exibido para as famílias, inclusive para crianças.

Porém, como limite é terra estranha para os que criaram, bancaram, e aprovaram a "amostra" havia um espaço reservado às crianças para que, vestidas numa roupa especial e com olhos vendados, por aberturas espalhadas estrategicamente na vestimenta elas pudessem se tocar, não só o Santander mas também o governo federal estava achando isso tudo muito natural.

E o que dizer da falta de limites dessa gente, de novo, que tem a aquiescência do governo federal, já que dentro do "projeto cultural" estava também previsto a impressão de 15 mil folders e 2 mil catálogos para ser distribuído nas escolas e bibliotecas?

Não diremos, já que o diretor desse portal professa a fé cristã, que todos são obrigados a ler a Bíblia, embora seja um dever, onde se veria que há, quer queiram quer não, (Levítico 18 é uma sugestão do dever e Romanos 1, das consequências à desobediência) um limite escrito para as atitudes do homem, que está muito bem representado entre as famílias, onde o pai dita as regras para os filhos, e só não vê o que quer mesmo se fazer de cego, mas o mínimo de bom senso a alguns não seria demais cobrar que houvesse.

O governo e os autores da afronta ainda devem receber sua recompensa, se ela já não estiver acontecendo, mas o Santander já começa a experimentá-la flagrantemente: há divulgado na internet que mais de 20 mil de seus correntistas, e a previsão é de que esse número dobre, estão cancelando suas contas no banco.

Devido à agressividade das imagens, naturalmente que não exibiremos foto alguma. Mas a quem possa interessar, nesse vídeo, feito por um cidadão que protestava dentro do ambiente da exposição, a aberração pode ser acompanhada.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br