Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Nacional

Maníaco Lázaro Barbosa fugiu durante 20 dias, mas foi localizado e morto durante uma troca de tiros com a polícia (Foto: Reprodução)
Maníaco Lázaro Barbosa fugiu durante 20 dias, mas foi localizado e morto durante uma troca de tiros com a polícia (Foto: Reprodução)

Foi ela que denunciou localização do maníaco à polícia

O clima é de festa entre policiais e moradores de Goiás e Distrito Federal após a confirmação da morte do maníaco Lázaro Barbosa. Ele fugiu durante 20 dias, mas foi localizado na manhã desta segunda-feira (28) e morto durante uma troca de tiros com a polícia.

Quando morto, Lázaro estava nas proximidades de Águas Lindas de Goiás. A polícia centralizava a busca na cidade de Cocalzinho, mas foi a denúncia de uma moradora que possibilitou a localização do suspeito.

"Todo mundo comemorou aqui, demos glória a Deus. Está todo mundo aliviado", disse a denunciante em entrevista a TV Globo.

Em um primeiro momento, a polícia desconfiou que a denúncia era um trote. Mas, ao lado de um pastor evangélico, a moradora seguiu fazendo as ligações, até que a polícia enviou parte dos 270 policiais que faziam parte da operação até o local.

Durante a madrugada desta segunda, câmeras de segurança flagraram Lázaro andando perto da casa da ex-sogra, em Águas Lindas de Goiás. Nas primeiras horas da manhã, agentes cercaram o local.

Após a mobilização, o psicopata foi localizado, mas não se rendeu e abriu fogo contra a guarnição, que revidou.

De acordo com o portal Metrópoles, pessoas ligadas a Lázaro chegaram a fazer contato com um advogado criminalista para negociar sua rendição. O foragido planejava se entregar à polícia de uma forma que garantisse a sua integridade física.

Mais cedo, o governador de Goiás Ronaldo Caiado informou que Lázaro foi preso após  20 dias de uma megaoperação que envolveu quase 200 policiais.  

Condenado por assassinatos e estupros, o assassino era procurado por uma série de crimes na Bahia e em Goiás. Ele também é acusado da morte de quatro pessoas de uma família em Ceilândia, no Distrito Federal, e de um caseiro de uma fazenda no distrito de Girassol, em Goiás.

"Como eu disse, era questão de tempo até que a nossa polícia, a mais preparada do País, capturasse o assassino Lázaro Barbosa. Parabéns para as nossas forças de segurança. Vocês são motivo de muito orgulho para a nossa gente! Goiás não é Disneylândia de bandido", disse o governador Ronaldo Caiado em uma rede social.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Goiás informou que o suspeito deve ser encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

Veja também:

Vídeo - Lázaro Barbosa é morto após tiroteio na mata, diz polícia

Veja quem são os homens presos suspeitos de darem cobertura a Lázaro Barbosa

Perseguição a Lázaro entra no 17º dia após prisão de dois comparsas

Defensoria Pública do DF pede que Lázaro vá para cela separada quando for capturado

Mãe de Lázaro Barbosa diz que filho está sendo perturbado por um "demônio"

Polícia encontra carta em esconderijo de Lázaro: 'Muitas pessoas merecem morrer'

DEMÔNIO: Com 200 policiais, cães, drones e helicópteros à sua caça, serial killer segue foragido

'Serial killer do DF': refém enviou pedido de socorro para polícia

Lázaro Barbosa: serial killer baiano mobiliza 200 policiais em busca de 6 dias no DF

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br