Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Nacional

Ministro da Economia, Paulo Guedes (Foto: Reprodução)
Ministro da Economia, Paulo Guedes (Foto: Reprodução)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, já admite aceitar a prorrogação do auxílio emergencial por até três meses, de agosto a outubro.

De acordo com auxiliares, o chefe da equipe econômica reconhece que, se os números da pandemia seguirem ruins, a extensão do benefício será inevitável.

Em conversas reservadas, Guedes pondera, contudo, que a eventual prorrogação deverá ser seguida pelo lançamento do novo programa social que substituirá o Bolsa Família.

A atual etapa do auxílio emergencial começou a ser paga em maio deste ano e vai ter três parcelas, que vão acabar em julho. O valor médio do benefício é de 250 reais.

Veja também:

Quem quer mais auxílio emergencial pode ir ao banco 'fazer empréstimo', diz Bolsonaro

Novo auxílio não é suficiente para cobrir linha de pobreza em nenhum Estado do país, aponta estudo

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br