Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Nacional

Réplica da Estátua da Liberdade, adotada por Luciano Hang como um dos símbolos da sua rede de lojas, foi derrubada por uma ventania (Foto: Lauro Alves/Agencia RBS)
Réplica da Estátua da Liberdade, adotada por Luciano Hang como um dos símbolos da sua rede de lojas, foi derrubada por uma ventania (Foto: Lauro Alves/Agencia RBS)

A loja é nova, foi inaugurada há menos de 05 meses, em janeiro desde ano. Ainda assim, a réplica da Estátua da Liberdade, adotada por Luciano Hang como um dos símbolos da sua rede de lojas, foi derrubada por uma ventania. O fato aconteceu às 6h45 desta segunda-feira, em Capão da Canoa, no Rio Grande do Sul e, apesar de direção da rede atribuir a queda à ventania, a narrativa de uma testemunha põe a versão em cheque.

Fogo

De fato, um ciclone extra-tropical passou pelo Rio Grande do Sul neste final de semana e causou inúmeros prejuízos em Capão da Canoa. No entanto, na hora da queda da estátua - que pesa 08 toneladas - um funcionário varria da fachada da loja, ou seja, não estava ventando forte.

"Bah, eu me apavorei. Estava varrendo quando começou aquele barulho. Começou a quebrar os pés da estátua, pelas costas, e ela caiu de cara no chão. Foi um estrondo e logo começou a pegar fogo", contou o zelador Iago Fraga, ao jornal Gaúcha Zero Hora, um dos mais respeitados da região.

O corpo de bombeiros foi chamado e conteve as chamas. Mas, a estátua permaneceu caída até pelo menos o final da manhã, já que nem o serviço de guindaste chamado conseguiu erguer a peça, que pesa 08 toneladas. Aqui, cabe mais uma observação: as estátuas são transportadas e posicionadas sobre a base inteiras e finalizadas, ou seja, já existe transporte especializado na remoção do item, contudo, a estátua desmoronada permaneceu exposta, naquela situação, bem mais tempo do que seria razoável.

A cena que Iago presenciou foi digna de filme... Ou da queda das bestas, descrita no Apocalipse: a estátua desabou da base, de costas, e caiu sobre um poste de energia elétrica, que atravessou o monumento bem onde seria o coração, como uma lança mortal.

Na fachada da loja, logo atrás do monumento caído, a foto de uma menina dando língua completa a cena, como uma mensagem vinda do alto.

Nem Deus nem Brasil

Apesar de o dono das lojas Havan, Luciano Hang - um dos maiores empresários apoiadores de Jair Bolsonaro - fazer questão de reforçar o bordão "Deus acima de tudo, Brasil acima de todos", os símbolos da sua rede de lojas contradizem totalmente a imagem que ele tenta passar.

A arquitetura das lojas, de acordo com declarações do próprio Luciano, é uma cópia da fachada da Casa Branca, residência presidencial e um dos principais símbolos no nacionalismo dos Estados Unidos, porém também reflete a arquitetura frontal dos templos da seita maçônica.

E, a despeito de um dos símbolos mais famosos do Brasil ser a estátua do Cristo Redentor, Luciano Hang escolheu a também americana Estátua da Liberdade para replicar e transformar em símbolo da sua rede. Atualmente, são 155 estátuas espalhadas pelo país. Ou melhor, agora 154...

Um curiosidade, que pode não ser mero acaso, é que a Estátua da Liberdade, por sua vez, é um símbolo à deusa romana Libertas. O que indica um dos costumes mais abomináveis aos olhos do Deus que Hang tanto diz adorar, que é a idolatria à deuses pagãos.

Outra curiosidade, para não dizer estranheza: as estátuas são modeladas em fibra e sustentadas por uma estrutura metálica. A estátua de Capão da Canoa caiu inteira, se desprendendo da base e tomando para a frente, sem nenhum dano anterior à estrutura externa se, como dito, conforme o zelador da loja, que varria a calçada, não havia ventania na hora da queda.

Estátua desabou da base, de costas, e caiu sobre um poste de energia elétrica, que atravessou o monumento bem onde seria o coração, como uma lança mortal (Foto: Reprodução)
Estátua desabou da base, de costas, e caiu sobre um poste de energia elétrica, que atravessou o monumento bem onde seria o coração, como uma lança mortal (Foto: Reprodução)

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br