Galeria de Fotos

Não perca!!

Nacional

Os abusos começaram a acontecer quando a vítima tinha sete anos de idade (Foto: Ilustrativo)
Os abusos começaram a acontecer quando a vítima tinha sete anos de idade (Foto: Ilustrativo)

Mãe da vítima descobriu o crime ao chegar em casa mais cedo e ver a filha correndo do banheiro pedindo socorro

Um homem foi preso suspeito de estuprar a própria filha de 12 anos enquanto a mãe saía para trabalhar. O crime foi descoberto no último sábado (24) mas só foi divulgado pela polícia na última terça-feira (27). A família vive na cidade de Paranhos (MS).

Os casos começaram a acontecer quando a vítima tinha sete anos de idade. A Polícia Civil informou ao G1 MS que a mãe descobriu o crime ao chegar em casa mais cedo do trabalho e ver a filha sair correndo do banheiro pedindo socorro. Quando entrou lá, a mãe viu o marido sem roupas e excitado.

A mãe da vítima, que é diarista, disse ao homem que iria denunciá-lo, mas ele a segurou para impedir que ela pudesse sair do banheiro. A mulher conseguiu fugir e foi alcançada na rua pelo suspeito. Ela era arrastada de volta para casa no momento que a polícia chegou ao local.

De acordo com o G1, a menina disse em depoimento à polícia e à mãe que os abusos começaram quando ela tinha sete anos e aconteciam duas vezes por mês, mas aumentaram quando ela completou 11 anos. Segundo ela, o pai fazia ameaças de que, caso ela o denunciasse, a família ficaria sem sustento e morreria.

Enquanto o primeiro caso aconteceu na chácara do avô paterno dela, no último o suspeito teria ameaçado colocar fogo na bolsa dela e quebrar o celular que ele havia dado a ela. Nesse momento, o homem levou a criança para o banheiro, puxando-a pelo braço e começou a estuprá-la, até o momento da chegada da mãe.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br