Galeria de fotos

Não perca!!

Nacional

Sticker com cenas do golpe foram parar no WhatsApp (Foto: Reprodução)
Sticker com cenas do golpe foram parar no WhatsApp (Foto: Reprodução)

Frase foi para os mais comentados do Twitter; três foram detidos

Um vídeo que mostra um policial tentando imobilizar um suspeito com um "mata-leão" viralizou nas redes sociais na segunda-feira (5). Depois de ser imobilizado, o rapaz consegue dar um "ippon" no PM e foge. "Corre, Pit, corre, Pit", grita uma testemunha, que filmava a cena. A frase acabou parando nos assuntos mais comentados do Twitter.

A cena aconteceu no bairro Alto Vera Cruz, em Belo Horizonte (MG). Depois, contudo, três homens foram detidos - inclusive o que conseguiu escapar inicialmente. De acordo com o Estado de Minas, a Polícia Militar identifica o local da abordagem como um conhecido ponto de drogas e diz que na prisão foram apreendidos drogas, arma e munição.

As testemunhas que filmam a cena questionam a ação da PM, dizendo que era agressiva e sem motivo. A PM mineira nega e diz que os policiais resolveram abordar dois homens por suspeitar da atitude deles. “Ao ser dada ordem legal de parada para abordagem policial sob fundada suspeita, um dos indivíduos desobedeceu a ordem dos policiais militares, resistindo à abordagem, por meio de agressões físicas, sendo lhe dada voz de prisão”, diz nota do 22º Batalhão. "Um dos militares tentou imobilizar o agente com o uso de técnicas de imobilização, momento em que alguns populares tentaram tomar o preso, com o uso de força física, investindo contra os militares, bem como proferindo palavras ofensivas e de menoscabo, incitando à violência. Aproveitando-se da situação, o tal agente conseguiu desvencilhar-se da imobilização e evadiu".

O fugitivo foi pego logo mais. No primeiro vídeo que circula nas redes sociais, é possível ver a PM usando spray de pimenta na direção dos populares para conter a situação. "Tão enquadrando o menino à toa", diz o rapaz que filma. "O menino não fez nada", insiste. Em outro vídeo, mais de perto, o PM está contendo o suspeito com um mata-leão e os populares o acusam de estar usando força excessiva. "Isso é covardia. Solta o cara. Ele tá preso por que?". O detido parece estar ficando sem ar. O PM se defende. "Só estou segurando".

A PM mineira nega em nota que tenha havido excesso. “A Polícia Militar informa que todas suas ações são pautadas para a garantia de Lei e da Ordem Pública, de forma isonômica e dentro do ordenamento jurídico brasileiro”.

Os três detidos foram levados à Central de Flagrantes, com uma pistola calibre 9mm com 10 cartuchos intactos e um pote com porções de maconha. Um deles possui "vasta ficha criminal e registros policiais de tráfico, porte ilegal de arma, ameaça e direção perigosa", diz a nota da PM. Os outros dois têm passagem por agressão, uso e consumo de drogas, receptação e direção perigosa, um, e o outro por dano, apropriação indébita e ameaça. Os nomes deles não foram divulgados.

Apesar do vídeo envolver uma situação tensa, a fuga inicial de Pit divertiu  os internautas. "Usando aquelas aulas de judô que aprendeu na associação de bairro da periferia o Pit derrubou o milico e saiu voado kakakskkakaksk. Corre Pit!", comentou um usuário do Twitter. "Pit foi pego fumando um fininho e acabou levando um "mata leão". Mas Pit não tava sozinho... pq ninguém solta a mão de ninguém. "Isso é covardia, eu vou filmar e jogar no balanço geral", citou outro."Rindo do Corre Pit mas preocupado da polícia pegar ele depois e fazer maldade pior", escreveu um terceiro. Até sticker de WhatsApp a cena gerou. Mas houve também quem defendesse a ação policial e criticasse o fugitivo. "O cara todo errado e ainda tem gente que acha engraçado, geração de merda!".

Vídeo

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br