Galeria de Fotos

Não perca!!

Nacional

Daniel Oliveira, de 35 anos, morreu atingido por um raio, em Copacabana, no início da noite desta sexta (25) (Foto: Reprodução)
Daniel Oliveira, de 35 anos, morreu atingido por um raio, em Copacabana, no início da noite desta sexta (25) (Foto: Reprodução)

Nesta sexta (25), mais de 700 raios atingiram a cidade; Bondinho Pão de Açúcar chegou a ser fechado

Um banhista, indentificado como Daniel Oliveira, de 35 anos, morreu atingido por um raio, em Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro, no início da noite desta sexta (25), segundo a Secretaria Municipal de Saúde. Ele estava na praia, na altura do Copacabana Palace, quando foi atingido e teve uma parada cardíaca. O banhista chegou a ser levado pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital Municipal Miguel Couto com vida, mas não resistiu.

A mulher dele, que não foi identificada, também teria sido atingida e está hospitalizada. Não há informações sobre seu estado de saúde.

De acordo com o Centro de Operações, mais de 700 raios atingiram a cidade do Rio, durante o temporal que deixou o município em estado de atenção, no fim da tarde desta sexta (25). Por conta da alta incidência, o Bondinho do Pão de Açúcar, na Urca, próximo a Copacabana, chegou a ser interditado para cariocas e turistas. O serviço ainda não foi retomado e não há previsão.

Quatro sirenes foram acionadas em comunidades cariocas, pela Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil, subordinada à Seop (Secretaria Municipal de Ordem Pública), no fim da tarde desta sexta (25). Além de Ladeira dos Tabajaras, Chapéu Mangueira e Babilônia, todas na zona sul, que tiveram os alertas soados às 17h30, a comunidade de Rio das Pedras, na zona oeste, também teve o alarme acionado, às 18h15.

Em toda a capital, há ruas interditadas, alagadas e com bolsões d'água, além de quedas de árvores. Botafogo, Laranjeiras, Lagoa Rodrigo de Freitas, Barra da Tijuca e Maracanã foram alguns dos bairros mais atingidos pelos transtornos da chuva.

Ainda em Copacabana, foi registrada a queda de uma árvore na rua Figueiredo de Magalhães, altura da rua Tonelero, que ficou parcialmente interditada para o trabalho da Comlurb.

Veja também:

Aprenda a se prevenir de acidentes com raios

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br