Galeria de fotos

Não perca!!

Nacional

João de Deus e a mulher dele, Ana Keyla Teixeira, foram indiciados pela Polícia Civil por posse ilegal de armas (Foto: Reprodução)
João de Deus e a mulher dele, Ana Keyla Teixeira, foram indiciados pela Polícia Civil por posse ilegal de armas (Foto: Reprodução)

A delegada Karla Fernandes, em Goiânia, confirmou nesta quinta-feira (10) que médium João de Deus e a mulher dele, Ana Keyla Teixeira, foram indiciados pela Polícia Civil por posse ilegal de armas. Ela também anunciou o fim da força-tarefa da corporação criada para investigar as denúncias contra o religioso, que já é réu por crimes de estupro de vulnerável e violação sexual.

Após o indiciamento, inquéritos são enviados para o Poder Judiciário para a análise do Ministério Público, que pode oferecer a denúncia, pedir o arquivamento ou solicitar novas diligências policiais. Se houver denúncia, a Justiça pode aceitar ou não. Caso aceite, ele se torna réu e será julgado, podendo ser condenado ou absolvido.

De acordo com a delegada, a força-tarefa deve ser finalizada nesta semana. Ficarão em aberto a investigação de lavagem de dinheiro, devido aos mais de R$ 1,6 milhão encontrados escondidos em imóveis do médium, e da origem das pedras preciosas.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br