Galeria de fotos

Não perca!!

Nacional

Um crime ainda sem esclarecimento abalou, nesta semana, a população da cidade de Iporá, a 230 quilômetros de Goiânia. A representante de cosméticos Vanessa Camargo, de 28 anos, grávida de três meses, foi morta com um tiro na cabeça na frente do filho de dois anos de idade durante um provável assalto. O fato também foi presenciado pelo marido, Horácio Rozendo de Araújo Neto, de 35 anos, empresário do ramo de latarias da região.

O delegado titular de Iporá, Ramón Queiroz, informou que o marido declarou que dois homens em uma motocicleta abordaram o carro em que a família viajava por volta das 6h da manhã de segunda-feira, 31. "A vítima estava vindo para Goiânia onde trabalhava durante a semana".

Segundo a versão do marido, ouvido pelo delegado na terça-feira, 1º, ele parou o veículo quando os homens o abordaram. Um deles assumiu a direção do carro e levou o veículo para uma estrada vicinal, seguido pelo comparsa. Durante uma discussão com a mulher sobre descer ou não do carro, o bandido teria se irritado e atirado contra a cabeça dela.

O delegado informou não ter localizado nenhuma testemunha do crime, que ocorreu próximo da rodovia GO-060, logo depois que eles deixaram a cidade de Iporá, percorrendo apenas 15 quilômetros. Ele pretende ouvir familiares e amigos do casal para verificar outras possibilidade de causa do crime, "já que nenhum objeto foi subtraído das vítimas".

Após os depoimentos, a intenção do delegado é realizar uma primeira reconstituição do ocorrido ainda esta semana. O enterro de Vanessa foi na terça em clima de comoção entre parentes e moradores da cidade, de onde o casal, casado há cerca de cinco anos, é originário

 
Banner

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br