Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Nacional

A TAM informou que o sistema de check-in da companhia "voltou a operar normalmente" por volta das 11h30 desta sexta-feira (2). A falha provocou transtornos para os passageiros, que tiveram que ficar mais tempo nas filas. Em todos os aeroportos nos quais a empresa opera, entre eles o Aeroporto Internacional de Salvador, foi preciso fazer a emissão manual de bilhetes e etiquetas de bagagem.

A Secretaria de Aviação Civil e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informaram que cobraram explicações da companhia sobre o caso e que estão monitorando a situação.  Em nota, a Anac informou que "poderá determinar a suspensão da comercialização de passagens pela empresa para evitar mais transtornos".

Até as 12h, a companhia aérea registrou 96 voos com atrasos no país, 27,6% dentre os 348 previstos pela companhia até o horário. Outros 16 foram cancelados (4,6%), segundo a Infraero. Em relação aos embarques internacionais da TAM, 5 sofreram atraso  (27,8% dos 18 previstos). Nenhum foi cancelado.

Foram registrados problemas no check-in e filas nos aeroportos de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, Galeão (RJ), em Recife (PE), e em Campo Grande (MS), onde um nevoeiro também prejudicou as partidas. No Aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília, passageiros chegaram a esperar até uma hora para o check-in.

Houve registro de falha ainda nos aeroportos Santos Dumont (RJ),  Viracopos, em Campinas (SP) e de Salvador (BA). No Aeroporto de Congonhas, passageiros com conexão tiveram inconvenientes com o despacho de malas.

No Santos Dumont (RJ), o setor de controle de voos informou que houve um problema no início das operações do check-in da TAM, mas que não afetou as partidas. Por volta das 7h30, o sistema já estava normalizado.

No Galeão (RJ), a Infraero confirmou que a falha foi constatada e a emissão de bilhetes começou a ser feita manualmente.

Em Porto Alegre (RS), três dos seis voos que partiram com atraso até as 9h eram da TAM. A Infraero informou que não havia filas no balcão da companhia.

A falha afetou ainda embarques no Aroporto Santa Genoveva, em Goiânia. A Infraero diz que o problema começou por volta das 5h, mas que, até as 9h30, não havia voos atrasados. Em Salvador (BA), o embarque da TAM ocorria com atrasos de 20 a 30 minutos. As informações são do G1.

Veja a íntegra da nota da TAM:
"A TAM informa que o sistema de check-in da companhia voltou a operar normalmente após um problema no link de conexão da SITA (empresa provedora de tecnologia). A companhia está prestando toda a assistência aos clientes afetados e lamenta os inconvenientes causados pela situação. Os passageiros que preferirem também podem realizar o check-in pelo site da empresa (www.tam.com.br), antes de se dirigirem aos aeroportos."

 

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br