Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Nacional

Um rapaz de 25 anos foi preso por suspeita de matar a namorada de 21 com vários golpes de canivete e esconder o corpo por três dias em uma área de mata no município de Ipiranga do Norte, a 455 km de Cuiabá.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito confessou o crime e alegou que a vítima tinha um vídeo que mostrava ele mantendo relações sexuais com outro homem em uma boate em Tapurah, a 414 km da capital, onde moravam.

A escrivã da Polícia Civil, Rossana Lacerda, que colheu o depoimento do suspeito, informou ao G1 que o homicídio ocorreu no último domingo (26). Porém, o caso veio à tona na noite do dia 28 depois que o jovem apareceu com a roupa suja de sangue na sede da fazenda dizendo que uma motocicleta encontrada pelos funcionários do local próximo ao local do crime pertencia a ele.

Na ocasião, conforme a polícia, o rapaz informou que tinha matado a namorada e, desse modo, os funcionários da fazenda chamaram a Polícia Militar de Ipiranga do Norte e de Nova Mutum, que efetuaram a prisão do suspeito. O corpo da vítima, no entanto, só foi encontrado nesta quarta-feira (29) após buscas pela mata.

"O suspeito alegou que a vítima tinha um vídeo e esse vídeo mostrava ele com outro rapaz em momentos íntimos em uma boate e, por causa disso, ele a levou para a mata", pontuou Rossana. De acordo com a polícia, ela teve perfurações por todo o corpo e, depois de assassiná-la, ele também tentou se matar. "Ele [suspeito] ficou o tempo todo ao lado do corpo, sem comer e nem beber, possivelmente", completou a escrivã.

O suspeito está detido na Delegacia de Polícia Civil de Tapurah e aguarda vaga na cadeia pública de Sorriso, distante 420 quilômetros de Cuiabá, para ser transferido. As informações são do G1.

 

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br