Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Nacional

Falsa grávida irá devolver doações (Foto: Reprodução)
Falsa grávida irá devolver doações (Foto: Reprodução)

O advogado de Maria Verônica Aparecida César Santos, que fingiu estar grávida de quadrigêmeos, afirmou que ela devolverá as doações que recebeu para o enxoval dos supostos bebês. Segundo o portal R7, Enilson de Castro ainda concluiu que as doações que não foram identificadas serão encaminhadas para instituições de caridade.

O delegado-geral da Polícia Civil, Marcos Carneiro Lima, afirmou, na última quarta-feira (18) que as pessoas que se sentissem lesadas por conta da história criada por Verônica deverima prestar queixa contra ela. Ele ainda esclareceuque mentir não crime, mas prejudicar os outros é.

Enquanto isso, o marido de Verônica deve ser idniciado por falsidade ideológica, cuja pena pode chegar até 4 anos, já que registrou um boletim de corrência no qual se dizia perseguido por causa da gravidez da mulher.

Mentira
A mulher que disse estar grávida de quadrigêmeos mentiu, confirmou o advogado Enilson de Castro nesta sexta-feira (20) em entrevista à imprensa em Taubaté, no interior de São Paulo.

Maria Verônica Aparecida César Santos, 25 anos, usou uma barriga falsa de silicone, coberta com tecido. Ela estaria arrependida, segundo o advogado. O marido, que está afastado do trabalho, também teria sido enganado pela mulher.

Ultrassom falso
A história da fala gravidez começou a ser desmascarada após uma blogueira de Blumenau, em Santa Catarina, acusar Maria Verônica de copiar o ultrassom 3D de sua página na internet. O exame teria sido postado por Ana Paula Muckenberger, 29 anos, em 15 de junho de 2010.

O obstetra Wilson Vieira de Souza negou que Maria Verônica Vieira estivesse grávida em junho. “Ela veio ao meu consultório em junho, dizendo que estava grávida. Eu pedi o exame de ultrassom e ela só me trouxe no dia 30 de agosto. Também pedi exame de gravidez, mas ela não trouxe. Naquele dia, ela não estava grávida”, afirma.

De acordo com Vieira, ela voltou ao consultório no dia 21 de outubro, com novos exames. “Falei que não tinha dado gravidez. Aí, quando chegou janeiro, vi as reportagens e achei que a conhecia”, conta.

Ele afirma que, em uma gravidez como essa, considerada de risco, o ideal é que sejam realizados exames a cada 20 dias, para analisar as condições de saúde dos bebês.

Desde a última sexta-feira (13), Maria Verônica não é mais vista no apartamento em que mora em Taubaté. Segundo os vizinhos, ela se mudou há aproximadamente três meses e já tinha uma barriga que chamava a atenção.

A probabilidade de uma gravidez espontânea de quadrigêmeos é de 1 para 512 mil. Os familiares estariam felizes com a chegada das quatro meninas, as Marias, que já tinham até enxoval. O parto, segundo Verônica, estava previsto para acontecer na segunda quinzena de janeiro.

 

Saiba mais sobre: Nacional

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br