Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Nacional

Um empresário do interior do Pará se identificou à polícia como o dono de R$ 1,1 milhão apreendidos terça pela Justiça Eleitoral e que estavam escondidos em um avião. À PF, o empresário João Vicente afirmou que parte do dinheiro seria destinado a um partido político na cidade de Parauapebas, mas não disse qual.

Segundo João Vicente, proprietário da empresa White Tratores, os recursos  têm origem legal e comprovada e seriam usados, principalmente, para o pagamento de seus funcionários. “Em Parauapebas, o pessoal está doido atrás de dinheiro (para campanhas); me procuraram pedindo”, afirmou à Agência Folha.

O empresário não quis, porém, detalhar os pedidos e disse apenas que tem sido assediado. A advogada da empresa, Betânia Viveiros, apresentou versão diferente. Ela disse que o dinheiro seria usado para pagar funcionários e credores.

Ontem, a Justiça Eleitoral apreendeu o dinheiro em um monomotor que acabara de aterrissar na cidade, rica em minério e sede de complexo da Vale. O piloto e um casal que estava no avião foram levados a Marabá, onde prestaram depoimento .O empresário disse que grande parte do dinheiro seria destinada a um cliente que está com conta bloqueada e, por isso, precisaria do dinheiro em espécie.

 

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br