Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Internacional

O aposentado foi ejetado a uma altitude de quase 800 metros, perdendo o capacete no processo (Foto: Reprodução)
O aposentado foi ejetado a uma altitude de quase 800 metros, perdendo o capacete no processo (Foto: Reprodução)

De acordo com o relatório do incidente, citado pelo "Metro", o aposentado manifestava grande inquietação antes do voo, com sinais de taquicardia

Um recém-aposentado de 64 anos tinha uma lista de desejos a cumprir. Entre eles, não estava voar em um caça. Mas colegas de trabalho lhe deram esse "presente". Ele relutou, mas decidiu aceitar. O francês, cujo nome não foi divulgado, embarcou como passageiro em um Dassault Rafale-B de treinamento na base aérea de Saint-Dizier (França).

Porém, quando o avião estava em pleno voo, ganhando altitude, o aposentado entrou em pânico, agarrou-se ao equipamento à sua volta e acabou acidentalmente apertando o botão da cadeira ejetora do caça.

De acordo com o relatório do incidente, citado pelo "Metro", o aposentado manifestava grande inquietação antes do voo, com sinais de taquicardia: os batimentos cardíacos chegaram a 142 por minuto. Mesmo assim, ele assumiu o risco e decidiu ir em frente.

O Dassault Rafale-B é usado pela Força Aérea da França e chega a atingir 1.400km/h.

O aposentado foi ejetado a uma altitude de quase 800 metros, perdendo o capacete no processo. De paraquedas, ele chegou sem ferimentos a uma área de mata perto da fronteira com a Alemanha.
O incidente, investigado por autoridades aeronáuticas, ocorreu em março do ano passado, mas só agora detalhes foram divulgados.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br