Galeria de Fotos

Não perca!!

Banner

Internacional

Veronika Motorina (Foto: Reprodução)
Veronika Motorina (Foto: Reprodução)

Ex-namorado disse que Veronika frequentemente manifestava o desejo de matar alguém

A jovem Veronika Motorina não reagiu bem a uma briga com seu namorado - onde ela o acusava de traição. Para aliviar a tensão, ela foi a um stand de tiro na cidade de Poltava, na Ucrânia, e acabou matando o instrutor.

O incidente ocorreu na sexta-feira (7). De acordo com imprensa local, a garota de 18 anos resolveu descontar a raiva no gatilho, mas deixou a situação sair de controle.

Veronika começou a praticar com uma pistola Glock e um fuzil AK-74. Depois, a ucraniana pediu a pistola Margolin do instrutor, Igor Smolyaninov, de 64 anos.

Em vez de continuar a disparar contra os alvos tradicionais, Veronika abriu fogo contra o instrutor e fugiu. Igor morreu na hora, segundo paramédicos. Uma hora depois, a jovem foi presa. Ela pode ser condenada a até 15 anos de prisão.

Depois de prestar depoimento, a jovem disse que não quis matar o instrutor. Veronika costumava treinar sozinha os tiros e tinha o sonho de entrar no exército ucraniado, mas seu pedido havia sido rejeitado.

O namorado disse à imprensa local que Veronika era "emocionalmente instável" e que frequentemente manifestava "o desejo de matar alguém". Aparentemente, o instrutor foi um alvo aleatório. As circunstâncias do crime ainda estão sendo investigadas.

SERVIÇO:

Esgoto entupido? Chame a Metropolitana Desentupidora

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br