Galeria de fotos

Não perca!!

Internacional

Ex-primeiro ministro português José Sócrates (Foto: Reprodução)
Ex-primeiro ministro português José Sócrates (Foto: Reprodução)

O ex-primeiro ministro português José Sócrates acusou Sérgio Moro de ter sido um juiz “indigno”, político “medíocre” e uma pessoa “lamentável” que desrespeita “princípios básicos do Direito”.

Sócrates respondeu a uma declaração de Moro que teria visto uma dificuldade institucional, no Brasil e em Portugal, para avançar processos de corrupção contra políticos como ele.

O socialista caracterizou Sérgio Moro como “um ativista político disfarçado de juiz”. E acrescentou que “é impossível ler a declaração do ministro da Justiça brasileiro sem um esgar de repugnância”.

“Ele põe em causa os princípios básicos do direito e da decência democrática. Não, nunca cometi nenhum crime nem fui condenado por nenhum crime. Não posso aceitar ser condenado sem julgamento, muito menos por autoridades brasileiras”, escreveu.

Será que a lava jato quer abrir uma filial na Europa, como fez no Peru?

Veja também:

"Nunca vi o Supremo tão exposto como agora", diz jurista e magistrada baiana, Eliana Calmon

Reforma da Previdência é aprovada na CCJ da Câmara: saiba próximas etapas da tramitação

CCJ da Câmara deve votar relatório da reforma da Previdência

Governo anuncia novas regras para a Lei Rouanet

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br