Galeria de fotos

Não perca!!

Internacional

 Dewji foi deputado por 10 anos na Tanzânia (Foto: Reprodução)
Dewji foi deputado por 10 anos na Tanzânia (Foto: Reprodução)

Mohammed Dewji, 43 anos, é considerado o bilionário mais jovem da África e foi sequestrado nesta quinta-feira (11) por homens fortemente armados na cidade de Dar es Salaam, na Tanzânia, segundo autoridades.

A fortuna de Dewji é estimada em US$ 1,5 bilhão (cerca de R$ 5,6 bilhões). Ele dirige o MeTL Group que atua em pelo menos 11 países da África em áreas como agricultura, transporte e alimentação.

“A informação inicial indica que ele foi sequestrado por homens brancos que viajavam em dois veículos. Esse tipo de incidente é novo aqui” afirmou Paul Makonda, o chefe do governo regional.

Dewji é tanzaniano, mas estudou na Universidade Georgetown, nos EUA. De volta à Tanzânia, se elegeu deputado entre 2005 a 2015. Ele estava treinando em frente a um hotel em um bairro de luxo quando foi levado.

Em 2013, ele se tornou o primeiro Tanzaniano a estar na capa da revista Forbes, uma das mais importantes publicações dobre economia do mundo, e foi eleito a pessoa da Forbes na África em 2015.

Dewji também financia o time de futebol Simba, um dos mais importantes da Tanzânia. Em 2016, ele prometeu doar metade de sua fortuna para causas filantrópicas.

O bilionário é casado e tem três filhos. Os motivos do rapto ainda não foram reveladas pelos sequestradores.

Clique aqui e siga-nos no Facebook

 

Camaçari Fatos e Fotos LTDA
Contato: (71) 3621-4310 | redacao@camacarifatosefotos.com.br, comercial@camacarifatosefotos.com.br
www.camacarifatosefotos.com.br